Empresas têm prejuízo de R$ 146 milhões

No primeiro semestre deste ano, a soma do valor em reais dos golpes aplicados contra empresas de fomento mercantil já é o dobro da cifra total registrada no país, no ano passado. As ocorrências negativas afetaram 55 empresas do setor, um volume de negócios de R$ 146 milhões, segundo a Anfac -Associação Nacional das Sociedades de Fomento Mercantil-Factoring.
O valor significa R$ 72,3 milhões a mais que o montante de 2006, no Brasil, conforme estatísticas divulgadas pela Equifax, empresa fornecedora de soluções para gestão de negócios. Nesse cenário de golpes, a estratégia mais comum é a emissão de duplicatas frias.
A estagnação dos negócios especialmente localizada nas pequenas e médias (PMEs), mercado-alvo das empresas de fomento, a necessidade de capital de giro, somado à falta de processos internos de controle e do uso de ferramentas de análise de risco por parte das empresas de fomento mercantil são algumas das explicações para o aumento da ação dos golpistas.
A Anfac tem registrado em média, pelo menos um golpe por mês no Estado de São Paulo, alguns deles envolvendo indústrias tradicionais e que atuam há mais de 50 anos no mercado.
Às vésperas da aprovação da lei de regência da atividade, que deve entrar no calendário de votação do Congresso Nacional com a volta do recesso parlamentar, a guinada nesses números deixou o setor em alerta e desencadeou uma verdadeira campanha para blindar as empresas contra os golpistas.
A primeira medida de proteção apontada pela Anfac é o compartilhamento organizado de informações entre as empresas do setor. “É uma das únicas armas de que dispomos para minimizar riscos”, afirmou Luiz Lemos Leite, presidente da associação, que representa o setor no território nacional, há 25 anos.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email