Empresas podem contar com serviço

Organizações do Amazonas já podem contar com o serviço de Benchmarking Industrial que a Fucapi (Fundação Centro de Análise, Pesquisa e Inovação Tecnológica) passa a disponibilizar, de forma pioneira no Estado, em parceria com IEL-SC (Instituto Euvaldo Lodi de Santa Catarina). O serviço consiste na avaliação de posicionamento competitivo que visa à diagnosticar como está posicionada determinada empresa frente aos seus concorrentes.
A aplicação do benchmarking é estratégica porque, ao comparar a empresa com as melhores do mundo, o resultado obtido auxilia no estabelecimento de planos de ação para atuar sobre as oportunidades identificadas, bem como no direcionamento dos recursos financeiros disponíveis para investimentos.
Direcionado a indústrias de médio e grande porte empenhadas em desenvolver a sua gestão empresarial, o benchmarking se desenvolve a partir da comparação da pontuação da empresa com os melhores do mundo no setor em que atua. As empresas estudadas obtêm informações de posicionamento em relação à prática e performance operacional das líderes de seu setor, passando a saber o quanto ainda falta percorrer para alcançar o padrão “classe mundial”.

Identificando necessidades

O líder de gestão da Fucapi, Flávio Montenegro, disse que o benchmarking industrial é responsável pela identificação das áreas que exigem melhorias por parte da empresa analisada. “A avaliação aponta também as áreas de destaque das empresas. Qualquer área, seja qualidade, gestão da inovação ou logística pode estar com uma excelente performance e elevado nível de competitividade no mercado, porém suas práticas associadas não asseguram a manutenção dessa performance, ou resultado operacional”, ressaltou .
Segundo Montenegro, o serviço prestado pela Fucapi é sigiloso. A os facilitadores e envolvidos é vedado a divulgação, discussão ou utilização, para qualquer finalidade não autorizada, de informação obtida das empresas na aplicação do benchmarking industrial, bem como detalhes do método utilizado pela Fundação e pelo IEL/SC, não podendo revelar, para pessoas não autorizadas por estas instituições, informações que tenham conhecimento e que possam identificar organizações que tenham aplicado o benchmarking industrial. ”
A empresa interessada em sua auto-avaliação competitiva vai saber sua posição em relação aos líderes mundiais, quais os pontos fortes e pontos fracos de sua performance operacional e desses líderes. Ela não saberá especificamente com quem foi comparada”, garantiu.
O benchmarking para indústrias vai avaliar o desempenho de uma empresa através da análise das áreas de meio ambiente, saúde e segurança, logística, desenvolvimento de novos produtos, organização & cultura , produção enxuta e gestão da inovação. A aplicação do benchmarking é feita em etapas, que abrangem a resposta de um questionário pela empresa; reunião para consenso sobre a pontuação atribuída no questionário, processamento dos dados pelo IEL/SC no banco de dados na Inglaterra e apresentação os resultados para a empresa pelos facilitadores da Fucapi; auxílio na elaboração de planos de ação para as áreas onde foram identificadas maiores oportunidades de melhoria.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email