19 de abril de 2021

Empresários do PIM conhecem oportunidades de inovação

O incentivo à divulgação de ações para promover a inovação em empresas tem sido o centro das atenções dos programas da Sect (Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia) considerado uma das principais vertentes para garantir o desenvolvimento do Estado

O incentivo à divulgação de ações para promover a inovação em empresas tem sido o centro das atenções dos programas da Sect (Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia) considerado uma das principais vertentes para garantir o desenvolvimento do Estado.
Com o objetivo de ampliar a divulgação de oportunidades de inovação, a Sect e o Cieam (Centro das Indústrias do Estado do Amazonas), promoveram, no último dia 8, uma palestra para divulgar as atividades da Sect direcionadas ao Setor Produtivo, principalmente sobre o Serviço Radar de Oportunidades para a Inovação Empresarial. 
Estavam presentes dirigentes e representantes de empresas associadas ao PIM (Polo Industrial de Manaus), dos diversos setores, ligados ao Cieam.    
No seu discurso, o secretário de C&T do Amazonas, José Aldemir de Oliveira, enfatizou a necessidade de integração dos centros de conhecimento da academia e os empresários, pois fortalecem mecanismos de pesquisa para que sejam desenvolvidos produtos e processos em benefício da sociedade. Ele ressaltou que principalmente no momento de crise, referindo-se à situação econômica atual, deve ser priorizado o investimento em formação de recursos humanos, pesquisa, infraestrutura e inovação tecnológica.
 “O conhecimento e a ciência devem ser estimulados para chegar à sociedade transformados em produtos e processos que gerem renda, emprego e favoreçam o aumento de empresas”, afirmou o secretário, ao destacar o papel das políticas de C&T.  
Foram expostas aos empresários as estratégias incentivadas pela Sect para que desenvolva seu papel de articuladora com as entidades envolvidas com C&T no Estado do Amazonas. 
José Aldemir apresentou o Programa Radar inserido nas ações da Sect para o setor produtivo como resultado das iniciativas do governo do Amazonas, para incentivar políticas públicas voltadas à promoção da inovação em empresas. “É primordial que as empresas tenham acesso aos mecanismos disponíveis de investimento para que possam fazer inovação”, afirmou o secretário.

Incentivo às empresas inovadoras

O Radar quer estreitar as relações entre os empresários e as oportunidades oferecidas de forma sistemática de incentivo da cultura de inovação.
 Ao apresentar programas vigentes destinados ao setor empresarial, o secretário citou o Programa Pesquisador na Empresa, na versão regional e nacional, o Prime (Programa Primeira Empresa Inovadora), sob coordenação regional do Cide (Centro de Incubação e Desenvolvimento do Amazonas), que destinará até 120 mil reais para empresas de até dois anos de existência, entre outros.
 Os empresários consideraram a iniciativa de divulgar oportunidades ligadas ao setor de inovação positiva e importante por ampliar o leque de atuação e chance de investimentos nas micro e pequenas empresas.
“A iniciativa da Sect nessa divulgação é pioneira no Amazonas, e traz resultados imediatos, pois ao saberem das oportunidades, os empresários apresentam suas demandas e se movimentam, potencializando os diversos focos de ação das empresas”, afirmou o presidente do Cieam, Maurício Loureiro. Ele considerou que a divulgação das oportunidades não deve ser política de governo, mas se consolidar como política de Estado.
O Radar é um programa criado e coordenado pela Sect-AM, que presta o serviço de monitoramento sistemático e divulgação das oportunidades de fomento voltadas para inovação em empresas.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email