Empresa recebe aporte de incubadora

Criada há menos de cinco meses, a plataforma Ingresse, rede social de eventos sediada em Manaus, recebeu na última quarta-feira (9), o aporte de um dos principais fundos do Vale do Silício se tornando assim a única empresa do Brasil (neste ano) que entrou na lista de empresas da incubadora 500 Startups. Alguns especialistas definem uma Startup como um grupo de pessoas à procura de um modelo de negócios repetível e escalável, trabalhando em condições de incerteza.
O site é uma forma dos organizadores da cidade divulgarem seus respectivos eventos, venderem e também controlarem a entrada. A plataforma oferece ao cliente que se cadastra: banner panorâmico, evento em destaque, relatório de acessos, geolocalização de vendas, envio de emails à lista de clientes e suporte técnico.
Segundo o co-fundador do site, Marcelo Henrique, a ideia de criar o site nasceu a partir do colega e sócio, Gabriel Benarrós que estudou nos Estados Unidos, lá sites neste segmento são muito comuns. “Em Manaus não existia nenhum site atrelado a esse setor de venda de ingressos pela internet, e resolvemos apostar no formato”, relembra.
A diferença do site Ingresse é agregar valor social ao evento, afirma o co-fundador. “O cliente ao escolher comprar pelo site economiza no pagamento do estacionamento do shopping, não enfrenta o trânsito da cidade, diminuindo o estresse”, avalia.
Marcelo aponta também que alguns eventos vendidos pela plataforma têm uns bônus. “Por mais que a pessoa pague 10% a mais no valor do ingresso ela deve analisar o custoXbenefício. Existem eventos que os clientes que compram pelo site entram de forma exclusiva sem enfrentar filas, ganham algumas gratificações”.
Em cinco meses, a empresa gerenciada por cinco jovens empreendedores (um francês, uma americana, um indiano e dois brasileiros), já possui mais de 200 eventos cadastrados e mais de 2 mil ingressos vendidos pela plataforma. Mas, Marcelo enfatiza que a plataforma não é somente para vendas de ingressos lá é possível que o organizador apenas coloque as informações da festa. “É uma plataforma aberta, possível de massificação”, salienta. O investimento só veio reafirmar o trabalho desenvolvido pelo jovem grupo. “Estar próximo a especialistas que estão atrelados a tecnologia é gratificante. Agora é trabalhar para que a ferramenta se aperfeiçoe mais”, diz o co-fundador.
Como funciona?
Os organizadores de evento da cidade entram no site www.ingresse.com.br cadastra o evento e disponibiliza ou não a venda dos ingressos. Não é preciso ser desenvolvedor de site, basta preencher os dados: nome, descrição, local, horário e imagens do evento.
O site recebe 10% em cima das pessoas que compram os ingressos vendidos na plataforma e a forma de pagamento é feita, por enquanto, em cartões de crédito.

Por dentro

A 500Startups já ajudou a decolar cerca de 200 empresas digitais. A incubadora já fez aportes em países da Ásia e da Europa. Em anos anteriores, outros brasileiros receberam a consultoria da 500 Startups, entre elas estão as empresas Conta Azul, Descomplica, Rota dos Concursos e Viva Real.)

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email