15 de abril de 2021

Empresa espanhola traz tecnologia em aquecimento por indução

As empresas do PIM (Polo Industrial de Manaus) que trabalham com siderurgia, forjaria, peças automotivas em geral, mecânica ou brasagem vão ganhar o reforço de uma empresa de tecnologia de ponta em aquecimento por indução

As empresas do PIM (Polo Industrial de Manaus) que trabalham com siderurgia, forjaria, peças automotivas em geral, mecânica ou brasagem vão ganhar o reforço de uma empresa de tecnologia de ponta em aquecimento por indução, um método de temperar metais de maneira que eles adquiram grande resistência, porém mantendo flexibilidade e resistência no desgaste.
A GH Electrotermia S.A, com sede em Valência, na Espanha, chega a Manaus na próxima semana, através de sua filial, a GH Indução do Brasil, que vai apresentar novas tecnologias em fornos para aquecimento por indução, cujos principais clientes são os segmentos de duas e quatro rodas, e ainda metalurgia, siderurgia e indústria naval.
A GH Indução do Brasil é filial oficial da espanhola GH Electrotermia S.A., que tem 48 anos no mercado mundial e tem um centro de pesquisas, integrado à Faculdade Politécnica de Valência, onde trabalham mais de 10 profissionais, e traz ao Brasil toda a tecnologia desenvolvida pela sua matriz espanhola.
“A GH foi a primeira empresa a fabricar geradores transistorizados no mundo, sendo a única a fabricar esse tipo de equipamento mundialmente por 10 anos, durante a licença de patente. Isso torna a GH líder mundial em seu segmento”, afirmou o consultor de tratamento térmico e representante no Brasil, José Assis dos Santos.
A GH Brasil está consolidada no mercado há mais de 10 anos, com sede própria de quase 3.500m², situada na Granja Viana, em Cotia, na região metropolitana de São Paulo (SP). A planta-Brasil aplica exatamente as mesmas tecnologias para a fabricação dos equipamentos, que são utilizadas na matriz espanhola. A GH está presente, por exemplo, em todos os veículos fabricados pela Audi, Ford, Volkswagen, Fiat, Mercedes Benz, Hyundai e outros.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email