26 de fevereiro de 2021

Empreiteira contratada pelo ‘Luz para Todos’ sofre críticas na ALE

Prefeito de Manacapuru Washington Régis, disse ao deputado Sinésio Campos que os trabalhos no porto da cidade estão devagar e que existe enrolação para adiar entrega

A lentidão da empresa Eram, contratada por licitação nacional para a implantação do programa Luz para Todos, na entrega das obras nos municípios do Amazonas e nos portos do interior, foi criticada, ontem, pelo líder do governo na Assembléia Legislativa do Estado, deputado Sinésio Campos (PT).
Ele disse não entender o porque desse atraso, já que não existe falta de dinheiro e nem de material elétrico para a sua conclusão. Disse que é possível, portanto, a Eram avançar nas obras. Ele declarou poder aproveitar o momento para cobrar da empresa que também ganhou em licitação, a construção de portos no interior do Estado.
Sinésio declarou que esteve, na segunda-feira, no município de Manacapuru e observou que a obra do porto daquele município está paralisada. Existem lá poucos trabalhadores, e se for nesta “velocidade”, disse Sinésio, a ponte do rio Negro e o porto não terão suas conclusões em tempo hábil. Afirmou o deputado que os poucos funcionários lá existentes lhe disseram que isto acontece devido à falta de energia ou de transformadores.
A conclusão a que chegou Sinésio é que depois de falar pelo telefone com os dirigentes da Ceam e Manaus Energia, não existe por parte da Eram, nenhum pedido de transformadores para as obras prosseguirem. Campos declarou que no dia 20 mesmo, conversando com o prefeito Washington Régis, de Manacapuru, este lhe afirmou que “eles estão enrolando, ou seja, estão atrás de motivos para evitar que o porto de Manacapuru seja entregue no tempo certo”.
O deputado Sinésio deu entrada nesta terça-feira, na secretaria da Mesa Diretora da ALE em um requerimento para poder saber o motivo do atraso das obras nos portos do Estado do Amazonas e pedir que as obras sejam mais aceleradas.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email