Empreiteira contratada pelo ‘Luz para Todos’ sofre críticas na ALE

A lentidão da empresa Eram, contratada por licitação nacional para a implantação do programa Luz para Todos, na entrega das obras nos municípios do Amazonas e nos portos do interior, foi criticada, ontem, pelo líder do governo na Assembléia Legislativa do Estado, deputado Sinésio Campos (PT).
Ele disse não entender o porque desse atraso, já que não existe falta de dinheiro e nem de material elétrico para a sua conclusão. Disse que é possível, portanto, a Eram avançar nas obras. Ele declarou poder aproveitar o momento para cobrar da empresa que também ganhou em licitação, a construção de portos no interior do Estado.
Sinésio declarou que esteve, na segunda-feira, no município de Manacapuru e observou que a obra do porto daquele município está paralisada. Existem lá poucos trabalhadores, e se for nesta “velocidade”, disse Sinésio, a ponte do rio Negro e o porto não terão suas conclusões em tempo hábil. Afirmou o deputado que os poucos funcionários lá existentes lhe disseram que isto acontece devido à falta de energia ou de transformadores.
A conclusão a que chegou Sinésio é que depois de falar pelo telefone com os dirigentes da Ceam e Manaus Energia, não existe por parte da Eram, nenhum pedido de transformadores para as obras prosseguirem. Campos declarou que no dia 20 mesmo, conversando com o prefeito Washington Régis, de Manacapuru, este lhe afirmou que “eles estão enrolando, ou seja, estão atrás de motivos para evitar que o porto de Manacapuru seja entregue no tempo certo”.
O deputado Sinésio deu entrada nesta terça-feira, na secretaria da Mesa Diretora da ALE em um requerimento para poder saber o motivo do atraso das obras nos portos do Estado do Amazonas e pedir que as obras sejam mais aceleradas.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email