Emprego no setor cresce pelo 7° mês

O nível de emprego da indústria de transformação do Estado de São Paulo registrou crescimento de 0,42% no mês de julho, após alta de 0,26% no mês de junho, segundo dados sem ajuste sazonal, registrando a sétima alta mensal consecutiva para o setor.
De acordo com levantamento da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), o setor gerou 9.000 novos postos de trabalho no mês passado.
Em maio, o nível de emprego industrial no Estado havia crescido 1,02%. Em abril, a expansão foi de 2,44% e, em março, de 0,85%. No mês de fevereiro, o crescimento foi de 1,14% e, em janeiro, de 0,98%.
Considerando os dados com ajuste sazonal, que elimina características específicas de cada período, o aumento no emprego no mês passado foi de 0,45%.
Com o resultado de julho, a indústria paulista acumula nos sete primeiros meses do ano expansão de 7,31%, o equivalente à geração de 151 mil vagas disponíveis.
Dos 21 setores que fazem parte da pesquisa, 15 tiveram desempenho positivo em relação ao emprego no mês passado, cinco mais demitiram do que contrataram e um apresentou estabilidade.
O destaque positivo registradono mês de julho ficou com o ramo de fabricação de máquinas para escritório e equipamentos de informática, que apresentou alta de 1,66% (no mês passado, foi o setor que mais havia demitido), seguido por metalurgia básica (1,63%).
Do lado negativo, a maior queda percentual, na proporção com o tamanho do setor, foi fabricação de coque, refino de petróleo, elaboração de combustíveis nucleares e produção de álcool, com queda de 1,39%, e fabricação de material eletrônico e de aparelhos e equipamentos de comunicação (-0,81%).

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email