Empreendedorismo vira opção para mulheres, depois dos 40

Esqueça o emprego tradicional com carteira assinada: a partir dos 40, ter seu próprio negócio é a melhor opção para uma renda complementar. Essa é a idéia que Antonio Marques Afonso, presidente do Instituto Nacional da Ouvidoria do Idoso, irá debater na palestra “Empreendedorismo da Mulher na Idade Show”.
O evento faz parte da programação da feira Só Para Mulheres, que ocorre entre os dias 31 de agosto e 2 de setembro, no Palácio de Convenções do Anhembi, em São Paulo. O bate-papo será no dia 2 de setembro, às 14h, no auditório Vida Melhor.
“Muitas vezes, uma ótima idéia que pode se transformar em negócios está ao alcance dos nossos olhos, mas não conseguimos enxergar, porque insistimos em procurar o tradicional emprego com carteira assinada”, explicou Antunes.
Para ele, o mercado de trabalho exclui cada vez mais profissionais com mais de 40 anos e, por isso, o empreendedorismo é a chave para se obter uma renda complementar. “Quando decide empreender, ela não apenas está investindo em si, mas também abre espaço para que os jovens ingressem no mercado de trabalho”, disse.
Além desse, temas como beleza, bem-estar, estética, trabalho, finanças, comportamento, política, sexo, amor e astrologia também fazem parte da grade de palestras do evento.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email