Embrapa e Natura desenvolvem estudo da castanha-do-brasil e da erva-mate

Contrato de cooperação para estudar a castanha-do-brasil e a erva-mate foi firmado entre a Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, a Natura Inovação e Tecnologia de Produtos e a Funarbe (Fundação Arthur Bernardes).

Contrato de cooperação para estudar a castanha-do-brasil e a erva-mate foi firmado entre a Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, a Natura Inovação e Tecnologia de Produtos e a Funarbe (Fundação Arthur Bernardes). O objetivo de parceria é promover o conhecimento e o desenvolvimento científico voltados para a conservação, caracterização, valorização e uso de duas espécies de extrema importância para o agronegócio brasileiro.
A cooperação técnica será coordenada pela unidade de Recursos Genéticos e Biotecnologia da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), vinculada ao Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento). O projeto desenvolverá as informações sobre a dinâmica e estrutura genética de castanha do Brasil e da erva-mate (Ilex paraguariensis), com objetivo de fornecer informações biológicas para subsidiar programas de manejo sustentável com as duas espécies. Além de avaliar o efeito da exploração na sustentabilidade da atividade extrativista, contribuirá de forma significativa para a conservação e uso da biodiversidade.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email