4 de julho de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Embraer fecha contratos com o Oriente Médio

A Al Jaber Aviation, dos Emirados Árabes Unidos, adquiriu sete jatos executivos, sendo cinco Lineage 1000 e dois Legacy 600, com opção de compra

A Embraer fechou ontem dois contratos para venda de 12 jatos, no valor de US$ 438.1 milhões. Há ainda mais oito opções de compras e 12 direitos de compra. Se forem confirmados os direitos e opções, os valores dos contratos passam para aproximadamente US$ 1.135 bilhão.

A Al Jaber Aviation, dos Emirados Árabes Unidos, adquiriu sete jatos executivos, sendo cinco Lineage 1000 e dois Legacy 600, com opção de compra para mais dois do primeiro e um do segundo. A companhia receberá o primeiro Legacy em fevereiro de 2009, enquanto as entregas do Lineage estão programadas para iniciar em maio de 2010.

Para a NAS Air, da Arábia Saudita, foram vendidos cinco jatos comerciais Embraer 190, com opção para mais cinco e direitos de compra de outros 12. A companhia aérea também assinou acordo com a Gecas (GE Commercial Aviation Services) para operar cinco aeronaves, sendo três 190 e duas 195, por meio de um contrato de leasing. A primeira entrega está programada para fevereiro do ano que vem.

No fim de semana a Embraer já havia fechado três contratos de venda, no valor de US$ 509 milhões. São 19 jatos executivos, oito jatos comerciais e opção para mais seis e direitos de compra para mais oito jatos comerciais.

Fora de risco

A Embraer voltou a reiterar que não será afetada caso a BRA deixe definitivamente de voar. O vice-presidente financeiro da empresa, ­Antonio Carlos Pizarro Manso, disse que os depósitos das compras dos aviões feitos pela BRA estão em dia que não há nenhuma multa prevista caso ela deixe de realizá-los.

Segundo ele, um eventual comprador da companhia aérea poderia também assumir o contrato. Caso contrário, as encomendas da BRA seriam distribuídas a outros clientes, sem afetar a carteira de pedidos da Embraer.

A BRA tem pedidos para 20 jatos 190 e mais 20 opções para 195, além de 15 direitos de compra. No total, o acordo entre as duas empresas pode alcançar aproximadamente US$ 2.73 bilhões.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email