Em sete meses, Força Tática apreende mais de 200 armas no Amazonas

De janeiro a julho de 2021, policiais militares que atuam no 1º Batalhão de Força Tática, da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), retiraram 204 armas de fogo e 873 quilos de drogas das mãos de infratores. Os números refletem o trabalho ostensivo feito pelos policiais em toda a capital amazonense.

Além das armas de fogo, os policiais ainda apreenderam, neste período, 13 simulacros, 750 munições, além de efetuar a prisão, em flagrante, de 266 pessoas por diversos crimes, apreender 26 adolescentes por atos infracionais e recuperar 31 veículos com restrição de roubo em toda a cidade.

O subcomandante da Força Tática, capitão Lívio Dutra, explicou que o resultado do índice de produtividade é fruto do trabalho dos policiais que estão diariamente nas ruas.

“A Força Tática vem realizando um grande trabalho, quando se tem ocorrência de grande vulto, em que as companhias da primeira malha não conseguem atender, a gente chega para atuar. Estamos no enfrentamento à criminalidade. Crime organizado e tráfico de drogas e isso gera muitas ocorrências, com apreensão de várias armas, quilos de entorpecentes e infratores retirados de circulação”, disse.

Ainda de acordo com o subcomandante, a população contribui com o trabalho dos policiais, denunciando a localização de foragidos, suspeitos armados e o tráfico de drogas nos bairros.

“É de suma importância a participação da população, porque ninguém melhor que o cidadão de bem para nos repassar a denúncia sobre onde o infrator reside e quem pode estar traficando na área. O cidadão pode ligar e fazer sua denúncia. A sua identidade não será revelada, o sigilo é absoluto. Trabalhamos para dar uma resposta para toda a população”, enfatizou o capitão.

As denúncias são encaminhadas pelo “Linha Direta”, através do aplicativo Whatsapp. O número é (92) 99428-4400.

Especialização

Além dos treinamentos locais, policiais que atuam no batalhão especializado também passaram por especializações em outros estados da federação, como Amapá, Brasília e São Paulo, este ano.

“Nós incentivamos todos a buscar conhecimento fora para agregar o nosso procedimento e entregar para a população um serviço de qualidade”, finalizou.

FOTO/DESTAQUE: Pelegrine Neto/SSP-AM

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email