Em Manaus, 73% das ocorrências policiais são feitas pela internet

Sete em cada dez Boletins de Ocorrência (BO) registrados pela população manauara na Polícia Civil do Amazonas são feitos pela internet. A notificação virtual de casos avançou com a pandemia e saltou cerca de 20 pontos percentuais, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM). De janeiro até março, Manaus somou 49.484 ocorrências, 36,4 mil formalizadas pela página www.delegaciainterativa.am.gov.br.

Entre janeiro e março deste ano, foram contabilizados 36,4 mil BOs realizados de forma on-line e 13 mil feitos presencialmente pela população, nas sedes dos Distritos Integrados de Polícia (DIPs) e das Delegacias Especializadas.

No primeiro trimestre de 2021, o número de boletins online cresceu 2,1% na comparação com o mesmo período de 2020. O registro pela internet vem crescendo no estado ano a ano. Para comparar, os dados deste ano são 4% maiores que em igual período de 2019.

O aumento considerável de boletins feitos virtualmente nos últimos anos já reflete no total do percentual de BOs gerados pela Polícia Civil na capital. Nos primeiros 90 dias de 2019, os BOs on-line representavam 45% do total. No ano passado, a porcentagem cresceu para 49% e, até março de 2021, 73% dos boletins foram originados por meio virtual.

Na contramão desse aumento, de 2020 para 2021, a Polícia Civil registrou queda de 64% nos boletins realizados de forma presencial levando em conta o período dos três primeiros meses de cada ano.

Acesso

Para registrar um Boletim de Ocorrência on-line, a população pode acessar o site da Delegacia Interativa. O procedimento no endereço virtual é igual aos casos efetuados nas sedes das delegacias. São solicitadas informações, dentre as quais, o nome completo, endereço (rua, bairro, ponto de referência), data de nascimento, além de um breve relato da ocorrência que o cidadão quer notificar às autoridades policiais.

Independentemente da forma como é gerado, presencial ou on-line, as informações prestadas no boletim são fundamentais para as investigações e na elucidação de crimes de qualquer natureza.

O delegado Heron Silva, titular da Delegacia Especializada em Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC), enfatiza a importância dos registros.

“O Boletim de ocorrência é o que denominamos notitia criminis, ou seja, a notícia-crime de um fato relevante ao mundo jurídico. Uma vez registrada, a autoridade policial entendendo que é crime, pode determinar a instauração de procedimento para investigar”, explica Heron.

A instauração do procedimento pode resultar em prisões, busca e apreensão, além de outras medidas cautelares autorizadas pela justiça e realizadas pela polícia.

No entanto, quem preencher informações falsas no BO, de forma intencional e deliberada, pode responder criminalmente por isto, como reforça o titular da DERCC.

“A pessoa que faz a comunicação de um crime que não ocorreu, gerando a atuação de uma autoridade no intuito de investigar o falso crime, pode ser responsabilizada pelo crime de comunicação falsa, previsto no artigo 340 do Código Penal”, conclui o delegado.

A pena criminal nesses casos é de até seis meses de detenção e multa.

Boletins de Ocorrência em Manaus

2021 (Janeiro a Março)

On-line: 36.480

Presencial: 13.004

Total: 49.484

FOTO/DESTAQUE: Acervo/SSP-AM

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email