Eduardo Campos já costura apoios para 2014

Mesmo sem admitir publicamente se será candidato a presidente da República em 2014, o governador pernambucano, Eduardo Campos (PSB), tem realizado uma série de encontros e já busca alianças para garantir a necessária sustentação eleitoral. Nesta semana, em Brasília, o compromisso protocolar com a presidente Dilma Rousseff (PT) foi apenas um detalhe na agenda do governador, que dedicou a maior parte do seu tempo na capital para costurar apoios para 2014. O PSB tem conversado principalmente com PDT, PPS, DEM e PTB.
Com o PDT, Campos tem se aproveitado da divergência interna no partido e procurado conquistar apoio da ala mais numerosa, ligada ao ex-ministro Carlos Lupi (RJ) e ao deputado Paulinho da Força (SP). No entanto, só após a eleição da direção nacional do PDT, marcada para o próximo dia 22 de março, é que Eduardo Campos terá condições de avaliar se contará formalmente com o partido e, consequentemente, com o tempo de televisão que cabe à legenda.
Na disputa pelo comando do PDT está o ministro do Trabalho, Brizola Neto (RJ), que tenta levar o partido para os braços da presidente Dilma Rousseff. Do outro lado, está Lupi que, defenestrado da pasta devido a denúncias de corrupção, enxerga na possível candidatura de Campos uma oportunidade de voltar à Esplanada.

Vice

Ainda no clima de indefinição, pedetistas não descartam pedir a vice na chapa socialista. O nome cogitado por alguns no partido para essa função seria o senador Cristovam Buarque (DF), que deixaria seus planos de se candidatar pela segunda vez à Presidência da República para fazer parte do projeto socialista. Em troca, o PDT apoiaria a candidatura do senador Rodrigo Rollemberg (PSB) ao governo do Distrito Federal.
No PSB, a vice para o PDT é vista como uma reivindicação natural visto que, no leque de alianças que Eduardo Campos vem trabalhando, o PDT seria o maior partido da possível composição. As conversas entre socialistas e PDT envolvem ainda a intenção de apoio mútuo entre Eduardo Campos e o senador Pedro Taques, que será candidato ao governo do Mato Grosso.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email