Editorial: Narcotraficantes corrompem policiais para desmoralizar Programa Ronda no Bairro

Passa dos limites a ousadia dos narcotraficantes na cidade de Manaus, recorrendo a todos os meios existentes para corromper policiais PMs e tentar desmoralizar as ações do governo do Estado, buscando o fortalecimento da segurança pública em nome da ordem e da paz social dos cidadãos manauaras.
A ousadia do crime organizado foi denunciada ao “Jornal da Manhã”, da Rádio Difusora do Amazonas, que em sua edição de ontem (22) levou ao ar os protestos dos moradores da rua A-2, do conjunto Amazonino Mendes, zona leste, segundo os quais policiais PMs, aliciados pelos narcotraficantes, deixam de lado suas responsabilidades e deveres com os objetivos do Programa Ronda no Bairro para acobertar operações criminosas.
Urge que a denúncia dos moradores do “Mutirão” seja apurada com o maior rigor pela Secretaria de Estado da Segurança Pública a fim de punir exemplarmente os policiais corruptos e identificar e encarcerar os narcotraficantes. Afinal, Manaus não é hoje apenas um corredor para o tráfico, mas um dos centros consumidores de drogas na região Norte.
Por isso, é que os narcotraficantes cada vez mais se empenham em corromper as instituições policiais do Estado, porque, assim, poderão garantir o enfraquecimento do Programa Ronda no Bairro, desacreditando-o junto à população antes de sua consolidação em todas as zonas da capital. O Ronda interage com as comunidades tornando substantiva a segurança, aplacando a violência, e isso incomoda os narcotraficantes, que precisam da desordem para impor seus propósitos hediondos.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email