Economista questiona dados divulgados

O consultor de economia Raul Velloso, que foi secretário de Assuntos Econômicos do Ministério do Planejamento no início dos anos 90, contesta a informação de que a média salarial dos servidores públicos seja inferior à dos trabalhadores da iniciativa privada, contida em estudo divulgado pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada).

“Essas comparações gerais precisam de muito cuidado e deveriam ser feitas de acordo com cada função. Duvido que um motorista do Senado ganhe menos que um motorista do setor privado’’, pondera Velloso.

“O grande drama do setor público é que para funções de menor qualificação, ele paga muito mais que o setor privado. E nas áreas que exigem melhor qualificação, o serviço público paga menos. As médias não querem dizer nada’’, diz o economista. As informações são da Agência Brasil.

Raul Velloso defende um quadro de servidores “enxuto’’ e afirma que o governo não pode pensar em contratar mais. Para ele, os gastos com servidores deveriam ser menores. “Um Estado que não tem capacidade financeira, mas tem muitas funções para exercer, como o Brasil, deveria ser mais enxuto do que é. Se o governo não tem dinheiro, os gastos com pessoal deveriam ser muito menores’’.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email