Economia mundial pode ter crescimento menor

O diretor-gerente do FMI (Fundo Monetário Internacional), o espanhol Rodrigo de Rato, já considera revisar para baixo a previsão de crescimento da economia mundial, devido às recentes turbulências nos mercados financeiros internacionais.
Ele participou de eventos em São Paulo ontem.
“É possível que a projeção seja revisada, mas não de forma dramática. A turbulência poderia levar o índice ligeiramente abaixo de 5%, mas, ainda assim, teria o sexto ano de crescimento consecutivo”, afirmou. Quanto à situação do brasil e possíveis conseqüências da instabilidade nos mercados, Rato afirmou que o Brasil está em “boa marcha”. “O Brasil mostra credibilidade na economia monetária, mas é muito cedo para tirar conclusões sobre o impacto no crescimento do Brasil”, disse Rato que nesta quinta-feira se reúne com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o ministro Guido Mantega (Fazenda), no Palácio do Planalto em Brasília. O diretor afirmou, ainda, que a situação do Brasil é boa e vive uma fase de crescimento sustentável.
Rato voltou a elogiar as ações dos bancos centrais de todo o mundo e disse que o FMI vai manter a vigilância sobre os mercados. “Os riscos aumentaram, mas em um contexto positivo, de amplo crescimento e generalizado”, afirmou.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email