E-commerce se mantem no topo

Desde o início da pandemia de covid-19, o e-commerce nacional teve destaque por contribuir na movimentação econômica do país, sendo positiva tanto para os comerciantes quanto para os compradores, por facilitar todo o processo de compra e venda de produtos e serviços sem a necessidade do contato físico, por exemplo. Agora, com a imunização contra o covid-19, o cenário também deve se manter positivo para o comércio eletrônico, já que faz parte da rotina de consumo dos brasileiros.

E os dados destacam essa tendência. Com 1,73 bilhão de acessos em julho, o e-commerce brasileiro cresceu 4,58% em comparação com o mês anterior, de acordo com análises do Relatório Setores do E-commerce no Brasil, produzido e divulgado mensalmente pela agência Conversion, líder em SEO no país.

Alguns setores são os responsáveis por esse impulsionamento, especialmente a categoria de Turismo, que por muitos meses na pandemia esteve em queda, com a diminuição das vendas, viagens remarcadas e/ou canceladas, mas que está caminhando para uma retomada positiva. Ainda segundo o estudo da Conversion, o setor de turismo cresceu sozinho 18,61%. O player líder da categoria em julho foi o Booking.com, seguido do Hurb e 123 Milhas – configurando o top 3 de maiores sites da categoria.

Na sequência, aparece o setor de Esportes, que também se destacou no mês de julho, com crescimento de 17,75% e listando Netshoes, Centauro e Nike como os maiores players do setor. Em terceiro lugar, ficou o setor de Importados, com 9,22%, permanecendo em crescimento em virtude da expansão das plataformas asiáticas no Brasil, sendo AliExpress e Shopee os dois principais sites da categoria, seguido da Amazon.

Crescimento do turismo e retomada do setor ainda em 2021

Para Diego Ivo, fundador da Conversion, “as buscas dos usuários na internet refletem uma possível tendência para o segundo semestre de 2021, contribuindo para a recuperação do setor diante das baixas econômicas de 2020”.

Por isso, esse crescimento do turismo já no começo do segundo semestre de 2021 mostra que, com o avanço no ritmo da vacinação e, consequentemente, a diminuição dos casos de covid-19 no país, os brasileiros retomem os hábitos antigos de viagem, ainda que com cautela e mantendo os cuidados.

O Relatório Setores do E-commerce no Brasil também traz dados inéditos de uma pesquisa realizada em âmbito nacional sobre viagens. De acordo com o levantamento, após a pandemia e/ou vacinação, 91% dos entrevistados pretendem fazer alguma viagem a turismo.

A pesquisa também aponta que 78% dos brasileiros pretendem viajar de avião após tomarem a segunda dose da vacina ou completar a imunização. Ainda, 31% dos entrevistados afirmam que irão viajar mais do que antes da crise sanitária, quando for possível. Estes dados reforçam ainda mais a expectativa para o setor, que sofreu uma queda de 36,6% em 2020, segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email