E-commerce chega no 2º semestre

A Redecard vai lançar uma solução de meios de pagamento online no segundo semestre deste ano, de acordo com o diretor de novos negócios da empresa, Nicolas Alfredo Wsevolojskoy. A plataforma E-commerce Redecard será feita em parceria com a DataCash, provedora de serviços de pagamentos da MasterCard.
“A expectativa é de que a plataforma chegue ao mercado em meados do segundo semestre de 2013 e, com a adoção das empresas, com certeza será viabilizada para pagamentos móveis também”, afirma o diretor.
A plataforma terá um sistema único com acesso a diversos meios de pagamento, tanto de cartões nacionais e internacionais em crédito e débito, quanto boletos bancários, além de possuir um sistema antifraude e de gerenciamento das operações.
Nicolas Wsevolojskoy reforça que a solução também foca em pequenas e médias empresas e que, a partir do lançamento da plataforma, a Redecard também terá outras novidades para moblile payment.

Preços caem na web

Nova plataforma chega bem a tempo de aproveitar nova tendência de crescimento das vendas da internet, por conta da queda nos preços de produtos da web. Os preços no comércio eletrônico caíram 0,28% em maio, na comparação com abril, de acordo com o índice da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas e do site Buscapé (Fipe/Buscapé). A queda confirma a tendência deflacionária observada ao longo de 28 meses em que o índice foi calculado, interrompida apenas nos meses de janeiro de 2012 (0,90%) e janeiro de 2013 (2,39%).
Todos os 10 grupos de produtos analisados pelo índice tiveram redução de preço no e-commerce brasileiro no mês de maio. Os destaques foram: Telefonia (-1,12%), Casa e Decoração (-0,90%), Moda e Acessórios (-0,47%), Esportes e Lazer (-0,42%) e Brinquedos e Games (-0,41%).
Das 151 categorias de produtos pesquisadas, 86 tiveram uma queda média de 0,51%, enquanto 65 tiveram aumento médio de 0,37%. Os produtos com maiores baixas foram colchão (-3,48%), blu-ray player (-3,33%), aparelho de jantar (-2,58%), depilador elétrico (-2,56%), camisa de time de futebol (-2,47%), barraca (-1,93%), churrasqueira (-1,65%) e climatizador (-1,47%). Já os produtos que tiveram acréscimo de valor foram o aquecedor de ambiente (3,40%), calculadora (2,39%), triturador de alimentos (1,58%), mochila para notebook (1,49%), mixer (1,36%), lavador a jato (1,27%) e memória para PC (1,05%).
Na comparação com o mesmo período de 2012, maio registrou queda de 4,87%. Das 151 categorias de produtos pesquisadas, 89 (59% do total) tiveram queda média de 7,45%, e 62 tiveram um aumento médio de 2,18%.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email