Drinks e coquetéis para Manaus

Bar que é bar vai muito além das cervejas e precisa ter uma carta de drinks e coquetéis. Foi de olho nesse segmento, que a bartender venezuelana Nohêmi Morillo abriu a empresa Brasven Coktails especializada em assessorar e criar cartas dessas bebidas. Para começar, Nohêmi explicou qual a diferença entre o drink e o coquetel.

“Drink é qualquer mistura de dois ou mais ingredientes, sendo que, por regra, um deve ser alcoólico. Já o coquetel é um grupo de drinks, assim como os sours (licor de base, suco de limão ou lima e um adoçante), ou fizzes (suco ácido e água gaseificada), entre outros”, explicou a bartender.

“A maioria dos drinks tem a mesma base, já os coquetéis são compostos por combinações diferentes, cores e decorações variadas. Eles se distinguem no modo de preparo, no tipo de copo ou taça utilizados, e na apresentação. É quando o bartender usa o seu lado artístico”, completou.

Nohêmi começou a se interessar em preparar bebidas ainda na Venezuela, na cidade de Valencia, onde nasceu e está localizada a mais conceituada escola de bartenders do país, a Academia Cocktail, especializada na formação de profissionais aptos a trabalhar em qualquer lugar do mundo. Há seis anos Nohêmi se formou na Academia.

“Assim que me formei, já comecei a trabalhar fazendo drinks e coquetéis e ministrando cursos. Para aprimorar meus conhecimentos, viajei para a Europa, onde trabalhei em restaurantes na Holanda e na Itália. Depois vim para o Brasil e, aqui em Manaus, fiz cursos de especialização no Senac”, falou.   

Drinks para Manaus

Nohêmi faz questão de destacar que, apesar de ter buscado se capacitar na Europa, seu objetivo era vir para o Brasil, Manaus, onde se desenvolveu ainda mais na sua profissão e agora abriu a própria empresa.

“Em Manaus tenho trabalhado em restaurantes, eventos e ministrado cursos. Com a abertura da minha empresa, também estou prestando consultoria gastronômica não só na área de coquetelaria, mas na de alimentos”, adiantou.

A proposta da Brasven Coktails é bem ampla, indo além da preparação de drinks.

“Eu faço uma análise global do funcionamento do restaurante contratante focando nos seguintes aspectos: atendimento, cardápio, menu, equipe de trabalho, gerência, caixa, ficha técnica, normas de segurança e higiene e valor dos serviços”, listou.

Nohêmi tem se especializado na organização e criação de cardápios regionais, nacionais e internacionais, contando com uma equipe de profissionais tanto brasileiros quanto venezuelanos.

Na Venezuela, país tropical com toda a sua costa norte voltada para o Atlântico onde se destacam as ilhas de Curaçao e Aruba, Nohêmi costumava preparar somente drinks tropicais.

“Criei um cardápio em homenagem a Venezuela no qual eu destaco a ‘Cocada Borracha’, ‘Mandarina Beach’, ‘Coco Anis’ e ‘Hot Data’. Já no Brasil, como estou numa região dominada pela floresta amazônica, busquei os sabores locais, então criei o cardápio ‘Manaus 351’, no qual se destacam os drinks ‘Manaus Refrescante, ‘Manaus Minha Paixão’ e ‘Rio Negro’, dentre outros”, informou.

“Como vamos começar a época de chuvas, em Manaus, criei um cardápio de drinks quentes no qual dou ênfase às composições preparadas com cacau e café, bases para o whisky e a vodka. Trata-se de um presente para a cidade”, revelou.

Caipilé para o calor

Capilé é uma bebida, um xarope, feito com suco da planta avenca ou capilária, mas Nohêmi acabou de lançar um cardápio de caipilés: uma mistura de caipirinha com picolé, que já pode ser saboreado na sorveteria Frutos de Goiás, ideal para ser degustado nos dias quentes de Manaus. As misturas dos caipilés podem ser infinitas, mas os criados por Nohêmi contaram com a opinião dos clientes da sorveteria.

“O caipilé é uma tendência nova aqui no Brasil. Conheci os picolés da Frutos de Goiás produzidos a partir de vários frutos da Região Norte, então, consultando consumidores, busquei a harmonização desses picolés com licores, mesclando sabores cítricos com sorvetes de creme, como por exemplo, o tradicional jambu com um cítrico, mais um doce picolé de umbu”, contou.

Só para a Frutos de Goiás, Nohêmi criou seis tipos diferentes de caipilés: o frozen de abacaxi com picolé de limão + vodka; o jambu com picolé de umbu + cachaça, citado antes; o limão e hortelã com picolé de limão + cachaça; o morango com picolé de morango + vodka ou cachaça; o kiwi com picolé de leite condensado + vodka; e o suco de laranja com picolés de ciriguela + cachaça.

“O objetivo de um drink ou coquetel é provocar satisfação em quem o bebe, e o bartender tem a função de sempre buscar novos sabores para essas bebidas”, concluiu.

Contatos com a Brasven Cocktails podem ser feitos através do 9 8491-2563. Instagram: @brasvencoktails – Face: Brasven Coktails.    

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email