10 de abril de 2021

Dom Sérgio Castriani é o novo arcebispo de Manaus

Manaus acorda nesta quinta-feira (13) com um novo arcebispo metropolitano. Depois de 21 anos de trabalho, dom Luiz Soares Vieira foi substituído por dom Sérgio Eduardo Castriani

Manaus acorda nesta quinta-feira (13) com um novo arcebispo metropolitano. Depois de 21 anos de trabalho, dom Luiz Soares Vieira foi substituído por dom Sérgio Eduardo Castriani. O novo arcebispo de Manaus vem da prelazia de Tefé. Em conversa com a Coluna, antes de deixar o cargo dom Luiz confidenciou que gostaria que o seu substituto fosse alguém que conhecesse a realidade amazônica. Suas preces, pelo jeito foram atendidas. Paulista de nascimento, dom Sérgio vive em Tefé há mais de 14 anos, inclusive pelos bons serviços prestados ao município recebeu o título de cidadão tefeense no ano passado. Seu lema episcopal é : “Habitou entre nós”.

Bom pastor

Importante ressaltar que dom Luiz Soares deixa o arcebispado por ter alcançado a idade de 75 anos. O ex-arcebispo leva para a aposentadoria um merecimento especial de ser unanimidade entre as diversas correntes religiosas em Manaus. Seu jeito sereno de bom pastor, sempre acalma os que dele se aproximam. Manaus agradece e reza para que Deus continue iluminando o caminho de dom Luiz. Tem gente já querendo que ele se torne um funcionário público para ajudar no campo social. Currículo, ele tem.

Encontro marcado

O governador Omar Aziz (PSD) e o senador Eduardo Braga (PMDB) acertaram uma conversa para hoje, aqui em Manaus. Será o primeiro encontro entre os dois depois que a deputada Rebecca Garcia (PP) foi nomeada secretária de Governo. A ideia é colocar tudo em pratos limpos.

Clima

Assessores dos dois diziam ontem que não esperam um clima ameno, e sim tempo quente. No telefonema de ontem, quando a reunião foi marcada, eles tratavam de assuntos de interesse do Estado relacionados ao Orçamento da União, quando temas mais ácidos entraram em cena e resultaram no acerto para o téte-a-téte.

Falsários

Em relação à denúncia de uso indevido do nome e registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) de sua filha, a médica Bruna Braga, Eduardo Braga informou ontem que todas as providências jurídicas cabíveis nesse caso foram tomadas. Ela registrou boletim de ocorrência na polícia de São Paulo e enviou cópia do documento ao CRM paulista. Um advogado foi contratado pela família para acompanhar o caso.

Recorrentes

Os falsos médicos Fernando Henrique Guerreiro e Camila Aline da Silva Matias Rocha, que utilizava o nome e o registro de Bruna para exercer ilegalmente a profissão no interior de São Paulo, já estão presos. Este tipo de clonagem é recorrente na área médica. Os falsários colhem os dados no próprio site do CRM para utilizar em seus consultórios.

Recuo

Os vereadores da oposição relutaram muito, mas acabaram concordando em conceder ao prefeito eleito Artur Neto (PSDB) a possibilidade de remanejar 40% do Orçamento de Manaus para 2013. Alguns chegaram a ligar para suas lideranças políticas e foram aconselhados a não tentar impedir o trabalho do futuro alcaide, que goza de imensa popularidade neste momento. Mexer com ele, portanto, poderia acarretar uma reação da população.

Enxurrada

Concursados da Prefeitura de Manaus que ainda não foram convocados se preparam para entrar na Justiça com o intuito de barrar a emenda à Lei Orgânica aprovada ontem pela Câmara, que efetiva os funcionários contratados em regime temporário. São mais de 5 mil os que aguardam ser chamados, o que faz prever uma enxurrada de ações judiciais desembarcando no Tribunal de Justiça nos próximos dias.

Choque

A permanência do deputado Marcos Rotta no PMDB fica a cada dia mais inviável. Anteontem ele concedeu entrevista ao vivo a uma rádio, em que elogiou a candidatura do vereador eleito Bosco Saraiva (PSDB) à presidência da CMM e prometeu convencer seu parceiro de programa na TV, o também vereador eleito Álvaro Campelo (PP), a votar nele.

Queixa

O líder do PMDB na Câmara, Marcel Alexandre, não gostou da declaração, até porque apoia a reeleição de Isaac Tayah (PSD) e prometeu se queixar ao senador Eduardo Braga, presidente do partido, sobre a postura do correligionário.
Guerra

Alguns envolvidos na Estocolmo pressionaram bastante autoridades de alto coturno para saber o que motivara a ação da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente. Eles passaram a espalhar que a operação teria sido uma vendeta do ex-delegado-geral Mário César Nunes, que estaria insatisfeito com a cúpula da segurança atual, em função do não atendimento de alguns pedidos fundamentais para sua aposentadoria e com a exposição demasiada do nome de seu filho no famoso caso do “quinteto fantástico”.

Sem controle

O fato é que o governador Omar Aziz só foi comunicado da operação na véspera, quando já não era mais possível abortá-la, até por causa do envolvimento de outros órgãos, como a Polícia Federal. Ele é amigo pessoal de alguns dos envolvidos e não gostou de saber que eles seriam prejudicados. Ainda assim, não se envolveu no caso.

Beleza pura

De um prefeito que participava de encontro ontem promovido pelo governo do Estado, com a presença da nova secretária Rebecca Garcia: “A partir de agora eu vou ser um frequentador assíduo do Palácio. Se não tiver assunto pra tratar, eu invento”. O comentário jocoso era direcionado à beleza física dela, que anda chamando a atenção dos interlocutores desde a posse.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email