Dólar tem repique e fecha cotado a R$ 1,756

O dólar comercial foi negociado por R$ 1,756 na venda, o que representa um avanço de 0,22% sobre a cotação final anterior. Os preços da moeda americana oscilaram entre R$ 1,771 e R$ 1,755. Nas casas de câmbio paulistas, o dólar turismo foi cotado por R$ 1,870, alta de 0,53%.
A taxa teve ontem o que profissionais de corretoras chamam de “repique técnico”: uma reação dos agentes financeiros a uma queda muito brusca dos preços. “Na terça-feira, o dólar chegou a cair a R$ 1,743 durante o dia, e nesse momento alguns do mercado já ficam com um pouco de receio e nivelam posições, apostando que pode voltar a subir”, comenta Luiz Carlos Baldan, diretor da corretora de câmbio Fourtrade. “Porém, o fluxo (de moeda) continua positivo, a balança comercial segue superavitária e há expectativas de que mais empresas façam novas captações nos próximos meses”, acrescenta. O mercado trabalhou nos últimos dias sob expectativa da “avalanche de dólares” direcionada para a emissão de ações do Santander no mercado brasileiro. Historicamente, o lançamento de papéis na Bolsa de Valores atrai uma participação maciça de investidores estrangeiros. O banco espanhol conseguiu levantar R$ 14,1 bilhões com a operação de ontem que deve ser liquidada financeiramente no próximo dia 13.
Os contratos de juros futuros negociados na BM&F continua a apontar taxas maiores nos vencimentos de mais longo prazo.
Os indicadores da CNI mostraram alguma recuperação do setor industrial: o nível de emprego subiu e a utilização da capacidade instalada aumentou. Especialistas da entidade já esperam um aumento no volume de investimentos para 2010.
No contrato que projeta as taxas para janeiro de 2010, a taxa prevista avançou de 8,69% ao ano para 8,70%; e no contrato de janeiro de 2011, a taxa projetada passou de 10,28% para 10,37%.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email