Dólar tem leve queda e fecha cotado a R$ 1,826

A cotação da moeda americana teve uma leve queda ontem, num dia marcado pelo discurso de Ben Bernanke (o titular do bc americano), que reafirmou seu comprometimento com os juros baixos “por um longo período”. Na praça internacional, o euro teve uma alta modesta frente ao dólar -de US$ 1.3511 para US$ 1.3540.

E no mercado de câmbio doméstico, o dólar comercial foi vendido por R$ 1,826 nas últimas operações, o que significa uma baixa de somente 0,05% sobre a cotação de ontem. Os preços variaram entre R$ 1,828, na cotação máxima, e R$ 1,817, na mínima. Nas casas de câmbio paulistas, o dólar turismo foi negociado por R$ 1,940, estável sobre o fechamento anterior.

Em seu muito esperado discurso, Bernanke bateu com as expectativas dos analistas: reafirmou a necessidade de manter os juros em nível “excepcionalmente” baixo, citando a fragilidade da recuperação econômica, com especial menção da taxa de desemprego dos EUA, em torno de 10%.

As Bolsas de Valores reagiram favoravelmente ao discurso, com exceção da brasileira Bovespa, que opera em terreno negativo. As notícias da zona do euro continuam desanimadoras: foi revelado hoje que o PIB (Produto Interno Bruto) alemão amargou, em 2009, sua pior contração desde o final de Segunda Guerra Mundial.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email