Dólar fecha com queda de quase 2%, a R$ 1,69

A cotação do dólar comercial apresentou forte queda ontem, aproveitando o dia positivo nos mercados brasileiro e internacional.
A moeda americana fechou cotada a R$ 1,69 para a venda, com queda de 1,97%. Já nas casas de câmbio paulistas, o dólar turismo recuou 1,63%, vendido cotado a R$ 1,80.
Nem mesmo o leilão de compra de dólares do Banco Central, realizado no início da tarde, foi suficiente para inverter a cotação. No leilão, o BC comprou dólares com taxa de corte de R$ 1,7059.
Já na Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo), o pregão ampliou os ganhos que vinham desde o início das operações, em linha com o mercado americano. O Ibovespa -principal indicador da Bolsa paulista- avança 2,83%, para 61.707 pontos, por volta das 16h25. O giro financeiro é de R$ 4,74 bilhões, com cerca de 183 mil negócios realizados.
Nas bolsas americanas, o índice Dow Jones avança 2,65%, e o tecnológico Nasdaq Composite tem ganho de 3,42%.
O bom humor do dia advém do enfraquecimento dos temores sobre a crise do crédito imobiliário de alto risco (“subprime”) nos Estados Unidos, e da confirmação do corte de 0,75 ponto percentual nos juros americanos promovido pelo Fed (Federal Reserve, o BC daquele país).
Porém, o comunicado do Federal Reserve foi bastante pessimista -o que levou os mercados a reduzirem por alguns momentos os ganhos após a decisão do corte na taxa de juros.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email