Dólar fecha com aumento de 0,30%, cotado a R$ 1,63

O dólar comercial foi cotado a R$ 1,633 na venda, com um acréscimo de 0,30% sobre a taxa final do fechamento de sexta-feira. Nas casas de câmbio paulistas, o dólar turismo foi negociado para venda ao preço de R$ 1,750, com um avanço de 1,15% sobre a cotação anterior.
Já a Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) operou com perdas de 1,89%, aos 54.796 pontos. O giro financeiro no dia esteve bastante restrito, com volume de R$ 2,07 bilhões.
A balança comercial teve um déficit de US$ 840 milhões na quarta semana do mês, mas ainda acumula superávit de US$ 1.279 bilhão no mês de agosto.
Do mês de janeiro a 24 do mês atual (162 dias úteis), a balança comercial apresenta um saldo positivo de US$ 15.932 bilhões, 39,47% valor bem abaixo dos US$ 26.321 bilhões do mesmo período de 2007.
O Banco Central entrou no mercado de câmbio às 15h11 e aceitou ofertas por R$ 1.6334 (taxa de corte).

Juros futuros

No mercado futuro de juros, que serve de referência para as tesourarias de bancos, as taxas projetadas foram novamente revistas para cima.
Na segunda-feira, o Banco Central revelou que a maioria dos economistas do setor financeiro revisou para baixo, pela quarta semana consecutiva, suas apostas para a inflação deste ano. O IPCA projetado para 2008 caiu de 6,44% para 6,34%. Foi mantida ainda a previsão para o IPCA em 2009 (5%).
No contrato de janeiro de 2009, a taxa projetada subiu de 13,85% ao ano para 13,88%; no contrato de janeiro de 2010, a taxa projetada avançou de 14,69% para 14,73%; e no contrato de janeiro de 2011, a taxa projetada passou de 14,29% para 14,30%.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email