Dólar encerra semana curta em queda de 1%, cotado a R$ 1,947

A divisa norte-americana foi negociada a R$ 1,947 para venda, em baixa de 1,06%, nos últimos negócios de quinta-feira. A cena externa positiva e a falta de maiores surpresas com a reunião do Copom permitiram que o mercado cambial encerrasse a semana mais curta com desvalorização.
Nas casas de câmbio paulistas, o dólar turismo foi cotado a R$ 2,080 (valor de venda), com retração de 0,95% sobre a cotação final anterior. A taxa de risco-país marcou 202 pontos, com declínio de 1,46%.
O mercado teve um dia de razoável instabilidade na véspera do feriado, com as taxas de câmbio oscilando entre a máxima de R$ 1,971 e a mínima de R$ 1,946.
A jornada de negócios começou bem pressionada -R$ 1,969- perto das cotações máximas, mas tomou a tendência predominante de baixa no decorrer do dia, com exportadores despejando moeda e bancos zerando posição (comprando ou vendendo moeda para não ficar expostos à riscos).
Os investidores refletiram de forma moderada a decisão do Copom. “O Comitê tem se caracterizado por não frustrar nem levantar grandes expectativas. O importante agora é esperar para ver como ficou a ata da reunião)”, afirma Marcos Trabold, operador da corretora B&T.
O documento, que traz números e comentários dos diretores do Banco Central sobre a economia, deve ser divulgado na próxima quinta-feira da semana que vem.
Para Trabold, ficou visível que o Comitê desacelerou o ritmo de cortes dos juros mais por fatores domésticos. “Eles deram uma brecada forte, mas em função do aquecimento da economia. E é lógico, pesou um pouco a crise lá fora (o problema com os créditos ‘subprime’)”, acrescenta.
O mercado futuro de juros também recuou, no dia seguinte à reunião do Copom e à alta do IPCA acima das expectativas. Alguns analistas enxergaram a possibilidade de um novo corte a ocorrer na reunião de outubro.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email