Dólar com valor inferior a R$ 2 dificulta atividade de agricultores

O dólar em patamar abaixo de R$ 2 desde outubro cria dificuldades para os agricultores, segundo análise do ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes O dólar em patamar abaixo de R$ 2 desde outubro cria dificuldades para os agricultores, segundo análise do ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes. Ontem, a moeda norte-americana ficou abaixo desse patamar, marca que não era registrada desde outubro de 2008.
“Até R$2 nós resistimos. Abaixo disso, (não resistiremos) a não ser que haja uma compensação nos preços. Ou seja, no caso da soja isso tem se verificado. Cada vez que o dólar cai, a soja (preço) sobe e vice-versa”, disse Stephanes ao chegar para encontro com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, para discutir o plano de safra.
Segundo o ministro, esse movimento mostra um equilíbrio em reais no caso da soja. No caso de outros produtos, a queda do dólar acaba levando prejuízos para o setor agropecuário.
Sobre o plano de safra, Stephanes disse que até a próxima semana os números vão estar fechados. O financiamento do governo para o setor também deve aumentar. Ele informou que começou a haver retorno das tradings e dos bancos privados na questão do crédito. As tradings são empresas que compram a produção e vendem quando da colheita dos produtos no mercado internacional.
“Embora vagorasamente, já está havendo (retorno). Então, nós teremos uma situação um pouco melhor, nesse caso, do que no ano passado”, disse.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email