Doha deve beneficiar países pobres

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que com freqüência clama por uma conclusão à chamada Rodada Doha de negociações comerciais, disse em Oslo que os países pobres precisam ser “os únicos” ganhadores com o acordo. “Os países ricos não precisam ganhar”, afirmou Lula, a respeito das negociações que começaram na capital do Qatar há seis anos e pouco avançaram desde então.
Lula cobrou que os mais pobres consigam flexibilização na área agrícola da União Européia e dos EUA. Depois contemporizou: “Tá na hora de o Brasil e o G-20 discutirem a flexibilização de produtos industriais para que a gente possa também receber mais produtos, quem sabe até para inovar nossas empresas com importação de máquinas mais modernas”.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email