21 de abril de 2021

Do Roxie Ensaio Bar ao Estúdio Sonora Music

De todas as coisas que eu poderia estar fazendo neste exato momento, contar essa história é tudo que eu não queria. Não nestas circunstâncias, claro! Quem sabe mais no futuro num arquivo confidencial do Faustão, no auge do sucesso dos nossos projetos. Porém não posso deixar passar a oportunidade de usar esse espaço, em que falo sobre empreendedorismo feminino, para destacar o papel fundamental da Danyelle Soares, uma mulher incrível o qual tive o privilégio de crescer ao lado.

A gente se conheceu em julho de 2002, lembro muito desse dia, porque um dos nossos assuntos era o Eco System, o 1º Festival Eletrônico Ecológico do Brasil e combinamos de sair de uma festa para ir ao festival. Falávamos de música, fazíamos rodinha para tocar violão, tínhamos bandas diferentes e sempre que a Dany passava junto com a Ly para me buscar em casa, tinha sempre música alta no carro e todo mundo cantando. Vivemos muitas coisas juntas, até que decidimos tocar na mesma banda: A Volúpia!

Fizemos tantos pré-shows: Biquini Cavadão, Natiruts, Pato Fú, KLB. Fizemos Fecani, EcoMusic. Foram vários momentos incríveis como musicistas. Porém em 2003, decidimos montar o Projeto Roxie, uma banda com o propósito de ser única e exclusivamente composta por mulheres, para tocar hits de sucesso de mulheres do rock. Não é minha intenção entrar a fundo na questão musicista, apenas contextualizar o cenário. Estou aqui para contar a história de como chegamos ao Estúdio Sonora Music.

Viver diariamente a música e o amor pela música, nos fazia sonhar, não apenas em viver da música como artistas de sucesso, mas de proporcionar uma vida cultural similar a de São Paulo. Audacioso, né? Mas amávamos viver a Rua Augusta em São Paulo, frequentar bares descolados, descobrir baladas diferentes e músicas que não conhecíamos. Todo aquele cenário nostálgico de antes das facilidades do Youtube e Spotify.

Foi com a vontade de viver isso em Manaus que eu, Ly e Dany começamos a idealizar o que chamamos de Roxie Ensaio Bar. A proposta era igual a de qualquer bar da cidade, porém as únicas atrações da casa seriam ensaios abertos. Pensávamos em exposições de fotografias, vídeos, cinema, arte, tudo que envolvia a cultura em si. Porém em 2004, a gente não tinha recurso o suficiente e era tudo mais difícil e caro. Não é como hoje que quase tudo fica centralizado em um Notebook. Procuramos locais, fizemos orçamentos e depois de contabilizar tudo percebemos que, definitivamente não teríamos dinheiro para fazer isso acontecer. Conversávamos sempre sobre essa vontade, mas parecia algo muito distante.

Lembro que uma vez a Ly disse: – Gente, vamos montar um bar com a duração de 1 ano de vida. A gente começa com uma placa de 365 dias e todo dia a gente tira uma data. Esse prazo de validade, vai atrair a galera em peso. Eu sempre achei a ideia “mara”, porém, ainda assim, não tínhamos o recurso. Inclusive atualmente, esse conceito de balada com prazo de validade tem sido um sucesso.

Em 2016, a Dany me convidou para começar a vender coisas relacionadas a música na loja colaborativa Jogo de Nós, de um amigo nosso, e assim começamos a investir aos poucos. A Dany começou a alugar som para pequenos eventos e festas, até que em 2017, decidimos reunir tudo em um local só. Na época, tudo fazia sentido pois já estávamos trabalhando com eventos e música, venda de instrumentos, camisas, canecas. Então, porque não centralizar e abrir aos poucos o que a gente imaginava na época do Roxie Ensaio Bar? Convidamos a Michelle para ser sócia, e inauguramos o Estúdio Sonora Music em Abril de 2017. Lembro com muito carinho daquele lugar, até do cheiro da loja. Tudo decidimos juntas, tudo compartilhávamos e a apesar de divergimos em várias coisas, tínhamos em comum o amor pela Sonora. A gente conseguiu tirar aquele sonho do papel, íamos para as feiras, levávamos e trazíamos som, procurávamos eventos e pessoas dispostas a realizar algo diferente para colocarmos como atração na Sonora. E assim, sempre buscávamos o diferencial com o único intuito de que as pessoas que frequentavam o estúdio sentissem o mesmo amor pela música. Juntas, apoiamos diversos eventos, participamos de outros, demos entrevistas, conhecemos talentos regionais, sem nunca esquecer a ideia principal que era fomentar a música.

Primeiro Estúdio Sonora Music, inaugurado em 2017

Em 2018, a Dany me disse: Raquel, vamos abrir uma Sonora no Dom Pedro? O estúdio está vago e lá a gente pode fazer gravação, tem uma estrutura melhor. Não foi difícil aceitar, já estava lá pronto, só esperando a gente. Começamos mais um pedaço do sonho juntas, seria a primeira filial da Sonora. Apesar de ter saído de Manaus em 2019, conversávamos sobre tudo que acontecia na Sonora. Muitas vezes, já com a cabeça formada em determinada opinião, a Dany ligava para saber se eu concordava e o que eu achava, mesmo que ela não mudasse de ideia depois. Cada equipamento, cada brinquedinho eletrônico e sonoro que ela colocava aqui dentro do estúdio, ela mostrava com orgulho. Algumas vezes ela me ligava para mostrar um curso legal que ela tinha descoberto e me convidava para fazer também e dividirmos os custos. Assim como várias vezes eu ligava e dizia: Vamos comprar tal coisa!!? Vai ser ótimo para a gente como profissional.

A partir de 2019, a Dany fez e aconteceu, se virou nos 30 para fazer a Sonora funcionar e ser reconhecida na cidade não apenas como estúdio, mas como uma empresa democrática e incentivadora de artistas. Em 2020, quando veio a pandemia, ela me disse que precisava conversar sobre o digital, sobre a gente pensar em propostas que fizessem o estúdio entregar alguma espécie de serviço que não precisasse apenas do físico. Conversamos e começamos a pensar em um projeto lindo para incentivar a cultura local e acabar com a dependência dos artistas dos shows ao vivo em bares. Era sobre esse projeto que falávamos o dia inteiro, e tema da nossa última conversa no whatsapp. Eu lembro que eu disse: – Dany, a minha parte eu te entrego até o final do ano, que era a estrutura o desenvolvimento da ferramenta, e a partir do ano que vem tu entras com a tua, que era fazer o que ela mais amava fazer, reunir os artistas, movimentar a cena e fazer o networking. Eu bagunçava que a Sonora iria passar por uma mudança radical, principalmente porque nestes últimos meses foi possível reunir nós 3, nossas ideias e cada centímetro dos projetos futuros da Sonora foi pensando em digitalizar o conceito de Roxie Ensaio Bar.

Show da Banda Roxie no Estúdio Sonora Music do Dom Pedro, em 2020

A Dany era uma pessoa apaixonante, apesar de teimosa, não sabia dizer não, não gostava de se indispor, nem de confusão, ou bate-boca. E se alguém ligasse ou mandasse um whats de última hora pedindo ajuda em algo, ela se transformava em mil para tentar resolver. Do nada dava presentinhos, só porque ela viu algo que lembrou alguém. E se ela tivesse um objeto que você gostou muito, dava um jeito de te fazer ficar com aquilo, porque sem dúvida significava mais para você do que para ela. A Dany era musical, gostava de novidade, de cantor brasileiro, americano, italiano, espanhol. Gostava de Cícero, Garbage, Alanis, Los Hermanos, Maskavos, de música Paraense, Silva, Clássicos dos anos 80. Ela só não gostava de Jack Johnson (rsrs). Ela Criava suas playlists e saía enviando para todo mundo.

Quem conhece a Dany, já deu voltas de carro pela cidade só para ouvir a última seleção dela. Ela gostava de viajar e de conhecer lugares novos, sempre a amiga da vez, amava praia e tinha um monte de projetos para o futuro. E só pra constar, todos esses projetos serão honrados. O Estúdio Sonora Music é a cara da Dany e, nós, compartilhamos o sentimento de que a música nessa cidade jamais será a mesma sem ela.

Em 2021, a Sonora seria diferente, vai ser diferente na verdade, e a gente sabe que em cada lugar que alguém ouvir o nome Sonora vai saber que a Dany tinha um carinho especial por cada músico dessa cidade e que ela transbordava amor pela música.

Danyelle Soares, você sempre fará parte das melhores histórias da minha vida!

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email