Disputa por campo de petróleo é encerrada com acordo de US$ 700 milhões

A PdVSA (Petroleos de Venezuela) e a italiana ENI ...

A PdVSA (Petroleos de Venezuela) e a italiana ENI assinaram um a­cordo para encerrar uma disputa sobre o campo de petróleo Dacion –pondo fim a um conflito que ­havia começado em 2006. Pelo acordo, a PdVSA pagará à ENI US$ 700 milhões.
A disputa começou quando o governo da Venezuela converteu uma série de contratos operacionais em joint ventures com o Estado.
A ENI iniciou uma arbitragem internacional com a Venezuela depois que o governo venezuelano assumiu o campo de Dacion, em abril de 2006, quando a companhia italiana rejeitou mudanças contratuais. Como parte do acordo, a ENI aceitou encerrar o processo de arbitragem contra a PdVSA.
O acerto entre as companhias foi fechado num momento em que a estatal venezuelana enfrenta um de seus maiores desafios nos últimos anos, uma acirrada batalha judicial contra a ExxonMobil acerca de uma com­pensação pela participação da norte-americana no projeto de petróleo pesado que o Estado venezuelano nacionalizou no ano passado.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email