Diário Oficial confirma o Amazonas no Garantia Safra

Semana passada foi muito especial para o setor primário do nosso estado, em especial aos nossos ribeirinhos produtores rurais. Esperava há muitos e muitos anos por essa justa e necessária conquista. O Diário Oficial da União confirmou a participação do Amazonas no Programa Garantia Safra do Governo Federal. Eu iniciei essa defesa há muitos anos, mas nunca fui ouvido pelos ex-governadores, ignoravam esse benefício de R$ 850 reais que ajuda há 20 anos o agricultor familiar do nordeste atingido pela seca, mas que poderia ajudar nossos ribeirinhos produtores nos momentos de cheia, e até de seca. A presidenta Dilma estendeu a possibilidade desse programa beneficiar a Região Norte em 2013, mas nenhum ex-governador se interessou em fazer a adesão, nenhum deputado federal/senador em todos esses anos lutou por essa conquista desde a criação desse programa no ano de 2002. É só ler meus artigos no JC pra confirmar que eu sempre alertava para esse caminho, mas ignoravam, só o governador Wilson Lima se interessou, aderiu, e tivemos esse final feliz. 

É impossível não agradecer, e muito, ao governador Wilson Lima, que me ouviu durante a campanha, e determinou ao amigo secretário Petrucio Magalhães, atual secretário de produção rural, que tudo fizesse para ter nosso estado incluído nesse programa de altíssimo valor social. Mais uma nova promessa de campanha cumprida. Isso jamais será esquecido, porque serão milhões de reais direcionados ao Amazonas, ao ribeirinho atingido por adversidades a partir do ano que vem. Contudo, alerto que os prefeitos devem fazer sua parte.

É, de fato, um momento histórico porque nosso Estado é o primeiro a ser incluído da Região Norte. Obrigado governador Wilson Lima! Obrigado secretário Petrucio Magalhães e toda sua equipe! Obrigado ao governo Bolsonaro, ao Ministério da Agricultura, por ter atendido o apelo do Amazonas! Obrigado ao nosso Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável – CEDRS! Imprescindível nessa caminhada. Meu amigo Almir Carvalhal acompanhou toda essa luta. Ao amigo Muni Lourenço, presidente da FAEA, que foi, lá atrás, o primeiro a me ouvir e defender essa justa bandeira ao nosso ribeirinho. Depois veio a adesão valorosa da FETAGRI e da OCB, e do meu amigo deputado Luiz Castro.

O Guilherme Pessoa, da SFA-AM, foi fundamental nessa reta final de inclusão, assim como a CPRM, o técnico Marco. Agradecimento ao amigo Airton Schneider, da SEPROR/SEAPAF, que participou das reuniões em Brasília com a equipe do governo federal. O nosso coordenador regional do programa, Heitor Liberato. Meu amigo Alberto Martins. O técnico Eduardo Rizzo, da SEAPAF/SEPROR. Ao Alfredo Pinheiro, do IDAM.  Ao amigo Everton, da Embrapa, que também contribuiu pra esse momento. Os ribeirinhos agradecem!

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email