Diamantina comemora dez anos de campanha

Para marcar os dez anos da campanha pelo título de Patrimônio da Humanidade de Diamantina (MG), o Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) em parceria com a Prefeitura e Instituto Estrada Real realizam nesta sexta-feira, o seminário “Rotas Culturais e Caminhos Históricos”.
O evento vai debater as formas de proteger o patrimônio cultural. Também está sendo preparada uma programação cultural que inclui seresta, trilha cultural e a tradicional Verperata. O título de Patrimônio Cultural da Humanidade foi conquistado pela cidade em dezembro de 1999.
No sábado, dia 18, a cidade mineira recebe duas obras restauradas pelo Programa Monumenta do Ministério da Cultura: a Praça Barão de Guaicuí e o Mercado Antigo. Realizadas em parceria com a prefeitura, elas custaram R$ 611,6 mil. O investimento do programa Monumenta no patrimônio histórico do município mineiro soma mais de R$ 2,6 milhões.
Com recursos do programa Monumenta também já foram restaurados os elementos artísticos integrados do Sobrado do Intendente, futuro Museu de Arte Sacra, e recuperada a Praça Monsenhor Neves.
Até o fimdo ano serão concluídas as obras da Cadeia Velha e dos elementos artísticos da Igreja de São Francisco de Assis, cujo restauro arquitetônico foi realizado pelo Iphan.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email