O governador Wilson Lima (PSC) é considerado um sujeito calmo, sereno. Dificilmente perde a estribeiras, como se costuma dizer no Amazonas. Mas as duas últimas conversas que teve com os deputados Roberto Cidade (PV) e Josué Neto (Patriota) não foram nada amistosas. Pelo contrário, o chefe do Executivo deixou muito clara a sua insatisfação com a forma como os dois conduziram o processo sucessório na Assembleia Legislativa e no Tribunal de Contas do Estado. Também disse que não aceitaria passivamente a redução da margem de 20% para mudar o Orçamento, como estava sendo aventado. Outras armadilhas que estavam colocados nas últimas votações do ano também o preocupavam e foram objeto de cobranças duras, que os interlocutores consideraram até ameaçadoras. De fato, Lima não anda muito calmo ultimamente. Se sente desafiado pelos parlamentares e acuado pelo Tribunal de Contas e pelo Tribunal de Justiça do Estado. Vai torcer para o ano virar e 2021 trazer notícias melhores.

PRISÕES

Durante todo o ano de 2020 a Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações realizou ações policiais que resultaram na prisão de quase duas centenas de pessoas em flagrante delito e em virtude de mandados de prisão expedidos, pessoas essas envolvidas na condição de autoras e partícipes em crimes contra o patrimônio.

REABRIU

O prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB) reabriu ontem o Museu da Cidade de Manaus, localizado no Paço da Liberdade, no centro histórico da capital. Fechado desde março como medida de prevenção contra o novo coronavírus, o espaço terá as visitações retomadas com novos protocolos de segurança, como visitas sob agendamento e horários reduzidos.

BRIGA JUDICIAL

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Amazonas Etram informou que não foi previamente notificado de greve dos rodoviários no dia de ontem em Manaus e tomará medidas judiciais cabíveis em face do Sindicato da categoria, alegando que não há nenhum pagamento em atraso. A paralisação ocorreu das 4h às 8h, operando 70% da frota. Estima-se que 137,4 mil passageiros foram afetados.

NOVA FRENTE

A Companhia de Gás do Amazonas está promovendo nova solução tecnológica com a utilização do gás natural. Recentemente, realizou a primeira implantação de um sistema de climatização de ambientes internos. Mesmo diante da pandemia ocasionada pela Covid-19, a empresa não paralisou suas atividades. A estratégia de expansão de serviços tem como principal objetivo abrir nova frente de atuação mercadológica. Com isso, espera-se ampliar a gama de soluções energéticas aos clientes.

cema

ABASTECIDA

O governador Wilson Lima inspecionou, ontem, a Central de Medicamentos do Amazonas, que atingiu 75% de abastecimento de medicamentos e insumos hospitalares em seus estoques. Em janeiro de 2019, quando ele assumiu o Governo do Estado, esse índice era de apenas 12%.

TRÂNSITO

Até novembro, a Delegacia Especializada em Acidentes de Trânsito já remeteu à Justiça mais inquéritos por mortes decorrentes de acidentes no trânsito que a quantidade total encaminhada ao longo de todo o ano passado. Já foram enviados 181 inquéritos sobre os homicídios culposos no trânsito de Manaus. Outros 35 casos estão em investigação.

UTILIDADE PÚBLICA

Projeto de Lei do deputado Adjuto Afonso (PDT), aprovado na última Sessão Plenária da Casa Legislativa, declarou de Utilidade Pública o Instituto Dirson Costa de Arte e Cultura da Amazônia, que atua na formação artística profissional para homens e mulheres indígenas e não indígenas nas áreas de pintura, marchetaria de quadros, escultura, mosaico em resíduos plásticos sólidos e pintura em suportes naturais, dentre outras atribuições.

projeto

PROJETO SUPER

Numa iniciativa que visa a integrar educação e pesquisa com vistas a fomentar a capacitação de recursos humanos, em especial em áreas educacionais de cunho tecnológico, foi lançado o Projeto Super, que integra a Universidade Federal do Amazonas, o Instituto Federal de Educação do Amazonas e a empresa Samsung, por meio de sua unidade instalada na Zona Franca de Manaus.

FRASES

“Minha companheira de 51 anos.” Serafim Corrêa (PSB), deputado estadual, sobre a morte de sua esposa, Lydia Eira Corrêa, ex-primeira dama de Manaus

“Não podemos fechar madeireiras.” Átila Lins (Progressistas), deputado federal, em diálogo atribuído a ele pela Polícia Federal

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email