Dia Internacional da Mulher aquece varejo de nicho no pós-Carnaval

https://www.jcam.com.br/Upload/images/Noticias/2019/1Sem/03Mar/03/flores.jpg
O tradicional comércio de flores e das cestas de café da manhã dão a largada de olho nas encomendas

A três dias para o Dia Internacional da Mulher, dia 8 de março, o comércio já pensa num incremento para alcançar bons lucros com a data. O tradicional comércio de flores e as cestas de café da manhã dão a largada, e já estão se preparando para as encomendas. Empresários do segmento estão otimistas.

Segundo a proprietária da Flora Verde, Priscila Costa, as vendas ainda estão mornas, por conta do período de carnavalesco, mas a empresa já está preparada para a terceira data mais importante para o setor, que só perde mesmo para o Dia das Mães. Com um bom número de vendas, Priscila conta que a aposta para data anima e traz bastante expectativa de bons lucros. “Estamos preparando o nosso estoque com chegada das nossas mercadorias que são todas de fora. Já estamos trabalhando sob encomendas e também divulgando em nossas páginas as opções e promoções”, contou.

Ela afirma que muitos clientes, donos de estabelecimentos, aproveitam a data para homenagear as clientes e as suas  colaboradoras e antecipam em uma semana as encomendas. “A procura é bastante expressiva desse público”, lembrou.

A proprietária destacou que o buquê de rosas é o mais vendidos, formados por rosas vermelhas com custos de R$85 até R$160, outro produto que garante uma boa demanda é o vaso com orquídea embalado no papel celofane, estes custam em torno de R$70 a R$80. Apesar de não projetar uma estimativa de vendas, a empresária declara que, nas datas comemorativas os clientes estão na loja, a partir das 5h30. Ela afirmou ainda que as vendas para vários municípios é grande, podendo comprar pela loja online e pagar por meio de transferência bancária.

Flores e plantas têm boa demanda na data

Para o proprietário da floricultura Dona Flor, Ney Branches, a empresa começou os preparativos para a data a cerca de uma semana. Apesar de um  período de produtividade ele acredita que a demanda será igual ou menor que o ano passado por conta do período carnavalesco que suprimiu um pouco as vendas. Ainda assim, ele está otimista com um possível crescimento nas comercializações. “O que alivia é que estamos com uma lista de de algumas encomendas e aos poucos o movimento vai aquecendo. O setor possui grande potencial com vendas altas, mas acho que o ritmo vai ser lento, as festividades do carnaval próximo a data, travam bastante a demanda”, reforçou.

Entre as principais encomendas estão a venda dos kits compondo os ítens com buquê, chocolates e ursinho de pelúcia. Os valores dos kits estão sendo vendidos a partir de R$180, até R$250.

Com o início de campanha promocionais para o Dia Internacional da Mulher, a proprietária da empresa Kakal Gourmet Cestas & Flores Manaus, já prevê um bom período de vendas. Ela conta que os clientes anteciparam as encomendas duas semanas antes do Carnaval e não vê crise pós-carnaval. Ela trabalha com mais de vinte modelos de cestas e ressalta que entre os pedidos para a data estão as cestas românticas e os kits, montados de acordo com a escolha do cliente. As cestas custam a partir de R$135.

Outros setores

A data comemorativa também desperta oportunidades para empresas que trabalham com a produção de brindes. Elas surgem como aliadas para reforçar e despertar um olhar para a data. Várias empresas passaram a adotar ações estratégicas para homenagear mulheres em diversos segmentos. A empresa Unimarcas Brindes, produz diversos brindes e sempre recebe encomendas em datas alusivas. Para o Dia Internacional da Mulher, a empresa está com uma encomenda bem grande na produção de chaveiros, com valores a partir de R$3,80 a unidade. Segundo Marcos Oliveira, do setor comercial da empresa, geralmente as empresas optam por algo bem simples, mas que representam um boa lembrança em prol deste dia. Além de chaveiros a empresa produz placas de homenagens, medalhas e troféus. Segundo Marcos

Mercado amplo no Brasil

Só no Brasil, de acordo com o último censo do IBGE, 51,03% da população é feminina, isso de um total de 190.755.799 pessoas. Isso demonstra o quanto as mulheres são significantes para o país e o porquê merecem ser lembradas no Dia Internacional da Mulher. Embora o desejo delas seja muito maior que o de ganhar algo material, essa pode ser uma oportunidade de se aproximar desse público e entender quais são suas reais necessidades, estimulando que cada empresa, no seu segmento, coloque em prática novas atitudes que possam transformar essa realidade.

 

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email