Dia Internacional da Dança com ações de incentivo à modalidade

Dia 29 é o Dia Internacional da Dança, uma das manifestações artísticas mais animadas e antigas que existe. A data, criada em 1982 pelo CID (Comitê Internacional da Dança) da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura), homenageia o bailarino e professor de balé francês Jean-Georges Noverre, autor do livro ‘As cartas sobre a dança’, considerado um dos mais importantes sobre o tema. Coincidentemente, 29 de abril também é a data de nascimento da bailarina brasileira Marika Gidali, cofundadora do Ballet Stagium, em São Paulo.

Marika Gidali é cofundadora do Ballet Stagium
Foto: Divulgação

Uma das sete artes, a dança parece ser para poucos. Engana-se quem pensa assim. É o que garante o professor de educação física, dançarino e coreógrafo Anderson Viana dos Santos. A menos de três meses Anderson inaugurou sua escola de danças, a Talent’s Dance Studio, que já está repleta de futuros dançarinos. Anderson agora está se especializando em cinesiologia, ciência que estuda os movimentos do corpo humano. Tudo para que seus alunos se formem com o máximo de perfeição em cada uma das danças que se propõem aprender.

“Um dos diferenciais da Talent’s é que damos atenção especial à formação de crianças. Temos dança de salão para crianças a partir dos onze anos; k-pop a partir dos dez; jazz a partir dos oito e balé a partir dos quatro. Quanto mais cedo começarem, com certeza, dominarão os passos em pouco tempo e serão grandes dançarinos quando crescerem”, assegurou.

Anderson Viana: dança é para todos
Foto: Divulgação

Mas não tem essa de idade para começar. Desde que tenha vontade e prazer em aprender, qualquer hora é hora.

Maioria prefere dança de salão

Atualmente Anderson, e os cinco professores da Talent’s, disponibilizam onze estilos de danças para os interessados (balé infantil e adulto, brega, bachata, BZK, dança de salão, forró, jazz iniciante, kizomba, k-pop, samba de gafieira e zouk).

“O mais procurado é a dança de salão, acredito que seja porque se dance a dois, mas indico a dança, qualquer estilo, para quem deseja ser feliz. A dança só traz benefícios para o corpo e para o espírito. Para o corpo, melhora a coordenação motora, a flexibilidade, a postura. Quanto ao espírito, melhora a autoestima, acaba com a insegurança emocional e a ansiedade, aprende-se a ter disciplina e se ganha perspectiva de vida”, disse.

No contexto histórico, a dança tem o poder de captar e transmitir traços particulares de diferentes culturas através dos tempos. Cada um dos diversos estilos de dança possui a sua própria personalidade.

Anderson revelou que muitas pessoas procuram aprender a dançar para extravasar o estresse do dia a dia, e acabam, no ambiente descontraído da escola, criando novas amizades.

“Não estão ali necessariamente buscando um parceiro, ou parceira, mas uma amizade. A maioria dos alunos vêm, realmente querendo aprender, mas todos terminam se divertindo, porque a dança é uma diversão”, acrescentou.

Ele lembrou, ainda, que na Talent’s ninguém será cobrado, pelos professores, pelo seu aprendizado. Cada aluno aprenderá no seu tempo. A didática, segundo Anderson, é o aluno chegar no nível 0, passar para o nível 1, 2, 3 e quando notar, já estará dançando.

Forró xote é o mais fácil

Como em qualquer forma de arte, na dança existem pessoas com talento nato para desenvolvê-la, e outras sem esse talento, mas com capacidade para aprendê-la. Como professor de educação física, Anderson afirmou que, quem pratica exercícios físicos tem maior facilidade para aprender qualquer dança, diferente de quem a vida toda foi ‘travado’.

“Mas na Talent’s os professores têm todo o tato para lidar com esse tipo de aluno, inclusive, se o aluno preferir, poderá fazer aulas particulares até se sentir confiante em público”, contou.

Além dos cinco professores, a escola de dança possui uma equipe de 24 monitores, chamados de cavalheiros e damas, acionados para auxiliar os alunos nos diversos estilos, pois cada um destes monitores domina um ou mais estilos.

A média de idade dos alunos da Talent’s vai dos 18 aos 45 anos. Sobre o estilo mais fácil de aprender, o professor falou ser o forró xote, já o mais difícil é o tango argentino, uma mistura de polca européia, habanera cubana, candombe uruguaio e milonga espanhola.

“Tenho alunos que dominam cinco estilos. Eu próprio sei mais de dez. O segredo é saber dominar o próprio corpo, aí aprender as técnicas de cada estilo fica fácil”, garantiu.

Como ensinou Michael Jackson, “eu não penso. Pensar é o maior erro que um bailarino pode cometer. Eu apenas sinto”.

Michael Jackson:  “pensar é o maior erro que um bailarino pode cometer”
Foto: Divulgação

A Talent’s Dance Studio está localizada na rua Acre, 353 – Vieiralves/N. Sra. das Graças. As aulas acontecem de segunda a sexta-feira, das 18h às 21h. Aos sábados, das 10h às 12 e das 14h às 17h. Informações: 9 8100-2974.  

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email