Dia dos Pais ganha importância na crise

Com economia instável e dólar mais alto, hotelaria busca impulsionar turismo no Brasil

Tanto hotéis quanto resorts estão aproveitando a alta do dólar para resgatar o turista que preferia viagens internacionais. E as datas comemorativas, como Dia dos Pais, incluindo feriados, são estratégicas para iniciar uma comunicação com o usuário.
No Dia dos Pais, resorts como o Quality Itupeva, o Paradise e o Brotas Eco Resort esperam alta entre 10% e 20% ante ao mesmo período do ano anterior. “Com a alta do dólar, o turismo interno espera crescimento e as datas de ouro são uma forma de impulsionar o interesse das famílias”, analisa o diretor da MSH Gestão Hoteleira, Maurênio Stortti.
Segundo ele, a hospedagem em geral deve ter pelo menos a mesma movimentação do ano passado no Dia dos Pais. “E isso é positivo, porque temos uma expectativa de crescimento do país muito baixa”, analisa.
A estratégia, para ele, é recuperar o que foi perdido. “É necessário levantar a ocupação. Hotéis que tinham índice acima de 62% estão com menos de 50%. Em época de crise deve-se usar todas as possibilidades e ferramentas para atrair clientes”, informa.

Aposta
De acordo com a diretora de vendas do resort Quality Resort, em Itupeva (SP), Michele Tavares, o Dia dos Pais não tem tanta movimentação quanto outras comemorações. “Mas vemos potencial na data e estamos tentando colocar no calendário fixo do hotel”, afirma Michele.
Segundo a executiva, incluir pacotes especiais para a data é uma forma de aumentar o mix de produtos sem precisar fazer altos investimentos. “Já possuímos as instalações e a equipe de recreação. Só repensamos um produto e oferecemos o que já temos”, explica.
No período, o resort incluirá atividades especiais para pai e filhos. Entre elas, torneio de videogames e gincanas. “Devemos ter uma alta entre 10% e 15% da demanda nesta data, ante ao ano passado. Mas a movimentação ainda é pequena se comparado a outros períodos. Estamos apostando no aumento da procura”, diz.

Alta
No caso do Brotas Eco Resort, localizado em Brotas (SP), que aposta em tividades como rafting, a previsão de crescimento da demanda é de pelo menos 10% na data. “Mas já recebemos consultas para o período com muita antecedência, o que não é normal. A alta do dólar tem beneficiado muito a nossa ocupação. Estamos surpresos com o resultado. Nesta semana estamos lotados”, analisa a gerente geral do empreendimento, Marília Rabello.
A executiva ressalta que em julho o aumento da procura foi de 20%. “Isso é atípico. Temos uma grande procura de quem deixou de viajar para o exterior. Já recebemos solicitações para pacotes de Réveillon no mês de julho, o que nunca havia acontecido antes”. Entre as atividades especiais para o pacote estão churrasco na piscina no domingo e ingressos de cortesia para visitar o planetário da Fundação CEU (Centro de Estudos do Universo). Além disso, cada pacote inclui uma criança de até 9 anos, sem custo adicional.

Por Dentro

Estratégia

Para captar clientes nas datas comemorativas entre as famílias, o Paradise Golf & Lake Resort, localizado em Mogi das Cruzes (SP) tem ofertado pacotes em que aquele que for homenageado não paga. “No Dia das Mães, elas não pagavam. E no Dia dos Pais será a mesma coisa. Tem dado muito certo”, afirma o diretor comercial do Paradise, Ricardo Aly.
A expectativa é atingir ocupação de 62% a 65% no período. Em 2014, a taxa foi de 58%. “Como os eventos do primeiro semestre foram um sucesso, esperamos 20% de alta na data”. Outra forma de aproveitar o evento é a abertura do hotel para o público local no almoço do Dia dos Pais. “Vamos oferecer um bufê especial pelo preço de R$ 110 para quem não é hóspede”, explicou Aly.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email