Detran-AM flagra 39 motoristas alcoolizados no feriadão

As fiscalizações do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) no feriado prolongado da Páscoa resultaram em 39 motoristas flagrados pela Lei Seca e 177 autuações por diversas irregularidades.

As ações foram realizadas entre a tarde da última quinta-feira (1º/04) e a noite desse domingo (04/04). Na quinta, o foco foram as barreiras das saídas de Manaus pelas rodovias estaduais AM-070 e AM-010. Nos demais dias, as operações ocorreram nas ruas da capital, com foco na Lei Seca.

Na quinta à tarde, as abordagens iniciaram na barreira policial localizada na saída da AM-010, que liga Manaus a Rio Preto da Eva, onde dois condutores foram flagrados dirigindo sob efeito de bebida alcoólica e tiveram a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) recolhida.

As abordagens iniciaram na barreira policial – Detran-AM
Foto: Divulgação

Lei Seca

Na noite do mesmo dia, o Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot) montou uma blitz da Lei Seca na avenida Coronel Teixeira, na zona oeste de Manaus. Sete condutores foram flagrados no teste do bafômetro e três se recusaram a fazê-lo, sendo todos autuados com base nos artigos 165 e 165-A do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Além disso, dez pessoas tiveram a CNH recolhida e quatro motocicletas acabaram sendo removidas por irregularidades.

No sábado (03/04), as abordagens aconteceram na avenida Mário Ypiranga Monteiro, na zona centro-sul da capital. Ao todo, 85 autos de infração foram emitidos, sendo 12 por alcoolemia. Neste dia, também, sete motocicletas e dois carros foram removidos para o parqueamento do Detran-AM.

Na operação realizada no domingo, o foco foi a volta dos balneários e dos sítios com acesso pela região do Tarumã, na zona oeste. A fiscalização foi montada na rua Agente Mauro Lobo, localizada no bairro Ponta Negra. No local, 18 condutores foram flagrados no bafômetro e três se recusaram a fazer o teste. Foram 47 infrações cometidas, resultando em três veículos removidos, 16 CNHs e seis Certificados de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV) recolhidos.

“Intensificamos as operações nas rodovias estaduais, AM-010 e AM-070, no início do feriado, devido ao grande fluxo de veículos na saída da cidade. Nos demais dias, identificamos muitos carros em situação irregular e diversos condutores insistindo na combinação nefasta de dirigir sob o efeito de bebida alcoólica”, explicou Rodrigo de Sá, diretor-presidente do Detran-AM.  

Prefeito fiscaliza ‘Pacote de Obras de Inverno’ 

Foto: Divulgação

Desde as primeiras horas desta segunda-feira, 5/4, o prefeito David Almeida acompanhou de perto os serviços de tapa-buraco realizados pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf). Os trabalhos fazem parte do “Pacote de Obras de Inverno”, lançado na última semana pelo Executivo municipal. Ao todo serão investidos R$ 30 milhões no programa, em 14 bairros da capital, durante a primeira fase.

O prefeito de Manaus acompanhou os trabalhos realizados nos conjuntos Galileia 1 e 2, localizados na Cidade Nova, zona Norte, e no Parque das Laranjeiras, zona Centro-Sul da capital.

“As equipes, supervisionadas pela Seminf, estão dando sequência ao ‘Pacote de Obras de Inverno’. Estamos aproveitando o dia de sol para realizar os serviços em vários pontos da cidade. Nossas equipes vão continuar trabalhando em outros bairros no decorrer do dia e dessa semana. Nosso compromisso é melhorar a vida da população de Manaus e garanto que acompanharei essa operação de perto para garantir a qualidade do serviço que será entregue pela prefeitura”, enfatizou o prefeito.

O vice-prefeito e titular da Seminf, Marcos Rotta, explicou que os trabalhos do Pacote de Obras serão realizados, independentemente do inverno amazônico.

“Por determinação do prefeito David Almeida, estamos atuando para estabilizar o maior número de ruas possíveis, mesmo neste período de chuvas. Nós entendemos que chove todos os dias, mas não o dia todo, e é nesses intervalos que nossas equipes atuam, levando melhorias na infraestrutura para diversos bairros da capital”, concluiu.

Terceirização

O pacote de obras de inverno marca o início de um processo de futura terceirização de mão de obra, uma vez que pelo menos 80% dos servidores da Seminf foram afetados diretamente pelos decretos de circulação impostos pela pandemia de Covid-19, o que deixou apenas 200 homens à disposição para trabalhar na infraestrutura. São 300 servidores terceirizados que trabalharão na recuperação dos pavimentos, com obras de tapa-buraco

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email