Dermílson Chagas contesta declaração contra o PT

O superintendente regional do Trabalho e Emprego do Amazonas e secretário estadual do PDT, Dermílson Chagas, encaminhou nota questionando a matéria publicada na edição de ontem do JC com o título “Executiva estadual do PDT com foco em 2014”. Dermílson argumenta que em nenhum momento fez menção sobre o governo do PT e que o mesmo respondia, na ocasião, como secretário geral do PDT/AM e não com o titular da SRTE/AM. O secretário estadual do partido destacou ainda a importância da atual gestão federal para a retirada de milhares de amazonenses da extrema pobreza, embora muito ainda precisa ser feito para alcançar um sistema justo na economia pesqueira.
A reportagem foi feita durante encontro realizado no sábado (25), na sede do PDT/AM, com a presença do ministro do Trabalho, Manoel Dias. Na matéria foi publicado que Dermílson fez a defesa dos pescadores, que segundo ele, “estão sendo escravizados pelo atual sistema capitalista imposto pelo governo petista”, o que ele contesta em nota enviada ao jornal. Ele argumenta não ter citado em nenhum momento o PT em seu pronunciamento, até por fazer parte do governo Dilma.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email