7 de dezembro de 2021

Dermatites, um problema recorrente

https://www.jcam.com.br/Upload/images/Noticias/2020/1%20SEM/01%20Janeiro/17/cpro%20439.jpeg
Os maus hábitos alimentares são atualmente um dos principais fatores que precipitam dermatites

Complicado! Para não dizer uma falta de maior conscientização por parte de tutores em relação às dietas que dão diariamente aos bichinhos . As dermatites em pets já se tornaram um problema recorrente. Elas têm múltiplas causas, mas os maus hábitos alimentares figuram hoje no topo dos fatores que precipitam distúrbios de toda ordem na pele dos animais.

Além disso, conta também a predisposição genética – está lá incrustado no DNA que em alguma hora ou momento uma reação alérgica virá à tona. E se você é daqueles que não resiste em dar qualquer tipo de alimento para o seu animal, fique alerta. Porque estão envoltos nesses casos recorrentes despesas com tratamentos e acompanhamentos médicos especializados tão impactantes que farão diferença no seu orçamento familiar.

Então, o melhor é investir na prevenção. O segredo está em mudar hábitos e entender que os animais só devem consumir gêneros alimentícios produzidos especificamente para eles. Afinal, são produtos que resultam de anos de pesquisas de laboratórios e podem proporcionar hoje uma melhor qualidade de vida para os bichinhos.

Entenda que o seu animal tem um organismo diferente e que ele não está adaptado para ingerir toda sorte de guloseimas, que só contribuem mesmo para diminuir a sua sobrevida, tão curta em relação aos humanos. Um cão vive de dez a 12 anos, em média. Os gatos, vivem um pouco mais que isso. E, com certeza, você não quer se desfazer tão cedo dessa convivência animal que nos dá alegria e muitas felicidades – tanto para eles quanto para nós.

Mas para isso, é preciso pensar mais longe, enxergar o que vai acontecer no futuro. E tudo depende de hábitos saudáveis que amealhamos agora e podem aumentar nossa existência como também dos animais.

Mude os hábitos radicalmente. Ofereça uma boa dieta para o seu pet, rica em nutrientes e proteínas, necessárias para o seu desenvolvimento físico regular. O mercado está cheio desses produtos especializados, uma variedade tão grande que está ao alcance de acordo com o poder aquisitivo de cada pessoa.

Adote hábitos saudáveis, levando o bichinho para se exercitar e praticar atividades lúdicas, recreativas, que melhoram as condições do organismo.

Então, é preciso ficar de olho quando o organismo mandar o sinal, a tempo de impedir uma possível evolução da doença que pode atingir proporções tão grandes a ponto de ameaçar a vida do seu animal, caso ele tenha uma reação alérgica a qualquer produto.

Frango, pão, produtos derivados de trigo, alimentos muito condimentados, doces, chocolates, algumas frutas, estão entre os maiores causadores de alergias nos pets. Esse espaço seria insuficiente para apontar os maiores vilões da pele dos bichinhos, além de doenças como diabetes, problemas cardíacos, obesidade etc.

Inseticidas, detergentes, cosméticos, desinfetantes, enfim, produtos de higiene e limpeza são outros grandes riscos. Ao menor contato, muitos bichinhos sentem o impacto, pois as substâncias químicas contidas nesses itens agridem a derme de forma tão acirrada que evolui para uma piodermite – já na forma de infecção.

Uma piodermite se caracteriza por feridas e inflamações purulentas (com pus). E se não tratada devidamente, pode migrar para o sangue e outros órgãos, causando o que a medicina chama de septicemia (uma reação exacerbada do organismo contra o inimigo que mina aos poucos a vida). E o golpe mortal vem com o choque séptico que leva à paralisação de todo o sistema orgânico que alimenta o corpo.

As dermatites têm muitos nomes – as mais conhecidas são as dermatites alérgicas, dermatites de contato e dermatites atópicas. E só um especialista tem condições de diagnosticar qual está atingindo o seu pet, como também as causas do problema.

De sua parte, a melhor opção é oferecer uma alimentação saudável ao seu amiguinho que possa prevenir esses casos que só acabam aumentando os seus gastos. E ainda muita preocupação com a saúde do seu pet. Fica a dica!

POR DENTRO

Dermatite atópica

A dermatite mais comum é a do tipo atópica, também conhecida como eczema. Considerada uma doença crônica, seus sintomas mais frequentes são: lesões vermelhas, coceira intensa, alterações na cor da pele, descamação e espessamento da pele.

Dermatite de contato

Também chamada de dermatite alérgica, surge após a exposição a um agente causador de irritação ou alergia, causando manchas vermelhas na pele, coceira e descamação.

Dermatite esfoliativa

É um dos tipos de dermatite mais agressivos, atingindo grandes áreas do corpo e provocando febre, calafrios, inchaço, descamação e o aparecimento de manchas avermelhadas.

Se não tratada, a dermatite esfoliativa pode causar complicações, como infecção generalizada e parada cardíaca.

Dermatite herpetiforme

Alguns tipos de dermatite estão relacionados à intolerância alimentar.

Pode ser causada pela sensibilidade do organismo ao glúten. Provoca o escurecimento da pele, coceira intensa e aparecimento de bolhas e feridas.

DICA ANIMAL

Animais sabem quem são amigos

Não se engane. Cães e gatos têm um sensor natural tão apurado que podem distinguir quem gosta de animais ou possa significar alguma ameaça a eles. É o que diz uma nova pesquisa científica. Portanto, não se assuste se o seu pet demonstrar uma insatisfação recorrente por alguém que você conheça ou seja de seu círculo familiar ou de amizade. É sinal de que ele percebe algo estranho – talvez tenha sido hostilizado, repreendido ou recebido um olhar severo, não muito amigo. Eles sabem que é bom ou ruim.

Pneumonias

Crescem os casos de animais com pneumonia, principalmente em cães e gatos não vacinados contra gripe. Nesta época de chuvas acirradas, a prevenção faz a diferença. Os tutores devem fazer o reforço anual da vacina para prevenir doenças respiratórias. O clima instável deixa os bichinhos expostos a toda sorte de doenças. Sem vacinação, um animal está mais propenso a contrair enfermidades. Reforce a saúde e a imunidade do seu pet. Não relaxe!

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email