10 de abril de 2021

Deputados pedem CPI para Coari

Aguiar é acusado de criar um grupo de extermínio no município

A solicitação em requerimento do deputado José Lobo (PCdoB) pela remoção imediata do sargento PM Antonio Carlos Maria de Aguiar, do município de Coari para Manaus, resultou no pedido de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), pelo deputado Wallace Souza (PP), para apurar os desmandos do prefeito Adail Pinheiro.

Como segurança particular do prefeito e comandante da Guarda Municipal de Coari, Aguiar está sendo acusado de criar um grupo de extermínio denominado “Comando Del-ta”, supostamente sendo a última vítima do grupo Elinei Mendes, de 25 anos, cujo corpo foi encontrado mutilado.
O deputado Wallace Souza recebeu o apoio e a certeza da assinatura no documento, dos deputados Luiz Castro (PPS), José Lobo (PCdoB) e Libermam Moreno (PHS). Para formação de uma CPI é preciso apenas de oito 8 assinaturas. Libermam em conversa com Wallace disse que mesmo a Mesa Diretora afirmando que o recesso está próximo a CPI seria aprovada e implantada no retorno.

Wallace disse que há mais de três anos vem denunciando o prefeito Adail Pinheiro, por malversação de recursos, roubo no bolso da população de Coari, não tendo outro adjetivo para qualificar o prefeito, a não ser chamá-lo de ladrão. Segundo o deputado, a Controladoria Geral da União-CGU, tem 200 páginas dizendo que o prefeito Adail Pinheiro meteu no bolso o dinheiro de convênios com a União.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email