Deputados estaduais comemoram vitória da ZFM

Na sessão de ontem, na Aleam (Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas), deputados usaram a tribuna para manifestar seu contentamento com a aprovação, em primeiro turno, da PEC que prorroga os incentivos da Zona Franca de Manaus por mais 50 anos.
Mesmo comemorando a aprovação da matéria, o deputado estadual Marco Antônio Chico Preto (PMN) não deixou de ressaltar a necessidade de implementação de outras alternativas econômicas para o Estado.
“Como tantos amazonenses e tantos brasileiros que escolheram o Amazonas como seu lar, quero dividir minha euforia sobre a prorrogação do modelo, mas quero também propor uma reflexão: temos que nos empenhar nestes próximos 59 anos para fazer aquilo que não foi feito nestes 47 anos de Zona Franca, que é investir realmente em outros setores da economia para reduzir a dependência econômica do modelo”, sugeriu.
Para a implementação de outras alternativas, o deputado reconhece que é necessário planejamento. “É preciso um esforço articulado, planejado para que o Amazonas implante modelos definitivos que vão do setor primário ao setor de serviços e que reduzam a dependência atual”, afirmou.
Citando o setor primário, o parlamentar lembrou a proposta de sua autoria que tramita na Assembleia e que trata da destinação de um percentual mínimo e fixo para o setor primário. “Faço um apelo à presidência da Casa para que possamos pautar a discussão dessa proposta, pois acredito que o setor primário tem capacidade de ser uma potência de produção de proteína de peixe, mas isso ainda não é possível com o percentual de 1% de que dispõe hoje”, analisou.
Já o deputado Luiz Castro (PPS) destacou a união de políticos de diferentes partidos políticos em torno desta causa comum. “A convergência entre o governador Omar Aziz (PSD) e o prefeito Arthur Neto (PSDB) foi muito positiva do ponto de vista do diálogo inclusive com partidos de oposição e por outro lado, senadores se dedicaram ao diálogo com os partidos que apoiam a base do governo no Congresso Nacional. Portanto, houve um trabalho que no final deu certo. É nessa direção que esperamos que a votação da emenda, no segundo turno nos dê a mesma vitória”, disse.
A união da bancada federal do Amazonas no Congresso Nacional, somada às importantes articulações e esforços do governador Omar Aziz (PSD) e do senador Eduardo Braga (PMDB) foram preponderantes para a vitória, em primeiro turno, da PEC (proposta de emenda constitucional) que prorroga, por 50 anos, os incentivos fiscais da Zona Franca de Manaus.
A afirmação é do deputado estadual Belarmino Lins, ao destacar, na quinta-feira, a aprovação da PEC em primeiro turno. Para o parlamentar, “o triunfo foi de todos”.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email