Deputado quer reduzir alíquota

 Para agravar a situação, o relator da MP, deputado federal Fernando Giacobo (PR-PR), está propondo reduzir de 42,25% para 25,8% a alíquota do RTU (regime Tributário Único). Para a indústria eletroeletrônica, a proposta vai tornar este cenário mais dramático, facilitando ainda mais o ingresso dos produtos ilegais,
 Além disso, a iniciativa se converterá em transgressão às regras de comércio existentes no Mercosul e na OMC (Organização Mundial do Comércio) e será inédita no mundo.
”Qualquer solução deveria ser discutida e tomada com a participação de todas as partes envolvidas e respeitando-se o Tratado de Integração do Mercosul, com vistas a encontrar alternativas que passassem pela industrialização do Paraguai, como já foi feito anteriormente em relação à lei de maquilla (que prevê apenas a montagem final dos produtos manufaturados)”, sugere o presidente da Eletros, Lourival Kiçula.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email