12 de abril de 2021

Deputado defende obra e diz que ponte sobre o Rio Negro não está abandonada

O deputado estadual Francisco Souza (PSC) colocou um ponto final nos boatos surgidos de que a ponte sobre o rio Negro estaria com as obras paralisadas

O deputado estadual Francisco Souza (PSC) colocou um ponto final nos boatos surgidos de que a ponte sobre o rio Negro estaria com as obras paralisadas. Ele, um dos grandes defensores da obra, ocupou à tribuna para desfazer as conversas originadas, segundo ele, de pessoas ‘invejosas’.
“Enquanto buscamos aprimorar as conquistas para o Amazonas, essas pessoas, não se sabem com qual intenção, procuram divulgar informações negativas sobre a construção da ponte”, disse ele.
O deputado, que disse acompanhar extraoficialmente o andamento das obras por absoluta paixão, afirmou que os 1.572 metros da margem esquerda estão concluídos, e da margem direita faltam apenas três pilares serem colocados, cujos trabalhos deverão ser concluídos em maio.

Souza diz que boatos vêm de quem não fez a obra

“Em junho, deve ser inaugurada a conclusão dos pilares”, reafirmou, destacando que em breve também deverá ser concluído o trabalho de colocação do pilar central, de número 40.
Francisco Souza atribui esses boatos, a alguém que teve a chance de fazer e não fez, e agora, motivado pelo sentimento de incompetência, tenta passar imagem negativa da ponte.
“Já ficou comprovado que a maior ponte fluvial do mundo e que supera a do rio Orinoco, na Venezuela, vai mudar o panorama do Estado do Amazonas e muito nos engrandece”, disse.
Ele ressaltou também que a ponte, vai alavancar o turismo dos 36 municípios que serão beneficiados com a obra no Estado. “Imagine o que será a ponte para o turismo, para os hotéis de selva nos municípios de Iranduba, Manacapuru e Novo Airão”, lembrou.
O pronunciamento do parlamentar recebeu apoio dos deputados Nelson Azedo (PMDB) e Liberman Moreno (PHS). Azedo indagou qual o homem público que não queria ter o nome em obras como Prosamim (Programa de Saneamento dos Igarapés de Manaus) e da ponte sobre o rio Negro? E completou: “só se joga pedra em árvore que dá bons frutos”.
Já Liberman Moreno fez elogios à iniciativa e lembrou que a ponte sobre o rio Negro só saiu do papel e foi concebida pelo ex-governador Eduardo Braga a partir do momento que o deputado Francisco Souza passou a defender a iniciativa, que vai beneficiar não só os municípios de Manacapuru, Iranduba e Novo Airão, mas também Anamã, Caapiranga, Anori e Castanho.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email