Depois de 12 semanas em alta, custo da cesta de compras da cidade do Rio de Janeiro cai

A cesta de compras da cidade do Rio de Janeiro, que equivale ao consumo médio de todas as famílias residentes no município, apresentou queda de 1,19% na segunda semana de fevereiro em relação à anterior, passando de R$ 348,97 para R$ 344,81, segundo pesquisa da Fecomércio-RJ. Essa é a primeira redução do custo da cesta depois de doze semanas seguidas de altas. Na primeira semana de fevereiro havia sido registrado um aumento de 0,79%.
O recuo no custo da cesta no período compreendido entre 12 e 18 de fevereiro foi sentido tanto pelas famílias que recebem até 8 salários mínimos, com reajuste de 1,35%, quanto por aquelas que têm rendimento acima dessa faixa, que perceberam uma alta de 1,08%.
Dos 39 itens que compõem a cesta, 23 ficaram mais baratos na segunda semana de fevereiro. O tomate, produto que mais vinha subindo de preço, foi o que contabilizou a maior queda: -27,34%. Em seguida aparecem cebola (-15,75%), banana prata (-12,96%), sabão em barra (-12,55%) e feijão (-7,55%). No sentido oposto, o ovo (10,48%), o queijo prato (8,85%) e a batata (7,34%) foram os que mais encareceram.
Na análise mensal, período compreendido entre 17 de janeiro e 18 de fevereiro, a cesta de compras teve um aumento de 0,23%, demonstrando desaceleração, já que nos 30 dias anteriores a alta havia sido de 2,94%.
No acumulado do ano e dos últimos 12 meses, a Cesta registra avanços de 3,17% e 13,01%, respectivamente.
A pesquisa cesta de Compras reflete as variações de 6.440 preços, referentes a 39 itens (32 de alimentação, 4 de higiene e 3 de limpeza), de maior peso no orçamento, consumidos por famílias de dez diferentes faixas de renda.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email