5 de março de 2021

Chico Preto é candidato a prefeito de Manaus pelo Democracia Cristã

O partido Democracia Cristã realizou a primeira convenção na corrida eleitoral pela sucessão municipal e oficializou Chico Preto como candidato a prefeito de Manaus pela legenda. Com discurso baseado na ideia de trilhar uma disputa independente e sem alianças com outras legendas, o partido pretende descentralizar prefeitura e focar sua campanha em projetos e propostas ligados aos principais problemas da cidade: como transporte público, trânsito e segurança. O objetivo é aproximar a gestão pública de cada zona da cidade e ouvir os problemas da população de forma mais rápida e eficaz. 

Há 24 anos na vida pública, o candidato Chico Preto afirmou que, o pleito 2020 é uma oportunidade da população analisar outras formas de trabalho e escolher a melhor proposta de trabalho para Manaus. Ele aposta numa campanha limpa, baseada em propostas e projetos para resolver os problemas da cidade.

“A gente não precisa fazer uma campanha da velha política. A gente não vai precisar falar mal de ninguém. O pessoal já sabe quem é quem. O pessoal já sabe quem enganou. O pessoal já sabe quem frustrou. As pessoas já sabem quem está envolvida em corrupção.O que a gente precisa aqui, por respeito a Manaus, por amor a essa cidade e compromisso com cada um, é falar de proposta, esperança e projeto. Porque é dessa maneira, com campanha limpa, aguerrida e de projeto que estamos dando o pontapé inicial para a corrida eleitoral”, disse.

O Democracia Cristã contará com 62 candidatos a vereadores, das quais 19 são mulheres. A chapa do partido terá como vice, o tenente coronel Augusto César, que possui 29 anos de experiência na Polícia Militar do Amazonas, e atuará no direcionamento e no auxílio que a prefeitura poderá dar para a segurança da cidade. O objetivo é criar uma Guarda Municipal preparada e ampliada para cuidar dos espaços públicos de Manaus.

“Estamos há anos arrastando problemas como transporte coletivo e não tem nenhuma solução. Não existe melhora, a cada dia é ônibus quebrando e as pessoas reclamando.  Fora isso, uma das nossas principais bandeiras são as subprefeituras, ou seja, pegar  a prefeitura de Manaus e descentralizar, colocar duas em cada zona da cidade, de forma que a gente dê respostas o mais rápido possível para os problemas que a cidade enfrenta, seja no transporte, nas escolas ou tapa buraco. Essa administração do dia a dia tem que está mais próxima dos problemas das comunidades”, destaca o presidente do DC Manaus, Sirlam Cohen.

Segundo Cohen, o conservadorismo no Brasil estava acanhado e a eleição do atual presidente, deu oportunidade da direita conservadora manifestar sua força política para contribuir com o desenvolvimento do país. Para ele, a escolha do vereador Chico Preto como candidato da legenda para o pleito 2020, representa o viés de luta e propostas do partido.

“Havia um mundão de gente que tinha o desejo de se manifestar e não tinha um partido ou força política para representar esse segmento. E hoje sabemos que o segmento é muito forte. O Chico Preto tem uma história em Manaus, com 24 anos de vida pública e um currículo sem mancha de corrupção. Sempre apresentando projetos e caminhando de forma independente e transparente com a população. Nosso objetivo é focar Manaus”, destacou. 

Cautela

Apesar de ser considerado um partido de direita conservador, o DC não pretende buscar alianças com outras legendas com o mesmo viés ideológico. Para o presidente da sigla, Sirlam Cohen, a ideia é viabilizar uma trajetória sem se envolver com qualquer candidato ou legenda envolvido com corrupção para estabelecer uma jornada limpa.

“Não queremos aliança com a velha política e nem apoio com que está envolvido em qualquer esquema de corrupção, e nem apoio de caciques, que até hoje não resolveram os problemas, nem do estado e nem do município. Nossa caminhada é sozinha, podia ter alguns partidos da direita, mas de alguma forma, esse partidos também entram nessa dança de ‘toma lá da cá’, de troca de favores, sem pensar no principal objetivo, que são os problemas de Manaus”, disse.

Perfil

Nome: Marco Antônio Ribeiro da Costa (Chico Preto)

Formação: Bacharel em Direito (Nilton Lins 2003)

Experiência Profissional: Serviço Militar – Exército Brasileiro (1988); Vereador de Manaus (1997 a 2007; 2017 a 2020); Secretária de Estado do Trabalho (2003); Deputado Estadual (2008 a 2014); Presidente da Câmara Municipal de Manaus (2005 a 2006).

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email