Demanda fará mercado de apoio da construção civil dobrar em cinco anos

Os grandes investimentos em infraestrutura previstos para os próximos anos vão fazer o mercado de peças de reposição e serviços para equipamentos nos setores da construção dobrar nos próximos cinco anos.
Estimativa da Sobratema (Associação Brasileira de Tecnologia para Equipamentos e Manutenção) mostra que o segmento pode movimentar R$ 6 bilhões por ano em 2016. Atualmente, esse mercado gera R$ 3 bilhões.
Essa projeção é baseada na expectativa de 9.550 obras até 2016, que demandarão investimentos de R$ 1,22 trilhão.

Gargalo de equipamentos

O vice-presidente da Sobratema, Erimilson Daniel descarta a possibilidade de gargalo de equipamentos de construção nos próximos anos. Ele lembra que o mercado está bastante abastecido, e as condições para importar estão favoráveis.
No ano passado, o número de equipamentos de construção cresceu 70%. Para este ano, a Sobratema estima uma variação positiva de 10% desse mercado.
Atualmente, o país tem 333.000 equipamentos de construção com até dez anos de uso. Em 2015, estima-se que serão 710.000 unidades com característica semelhante.
“As indústrias estão ampliando capacidade para atender toda a demanda. O maior problema, hoje, está na falta de mão de obra qualificada”, afirmou Daniel.
Com o mercado abastecido, o crescimento das vendas de equipamentos de construção será um pouco mais tímido em 2012, segundo a Sobratema. Mas a proximidade da Copa-14 e da Olimpíada-16 deve fazer com que esse segmento volte a crescer acima dos 10% em 2013.
Das 9.550 obras mapeadas até 2016, 3.737 estão previstas para a região Nordeste. Serão R$ 283 bilhões em investimentos, o correspondente a 23,2% do total.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email