Demanda aumenta 7,23% em maio

O consumo de gás natural no Brasil encerrou o mês de maio com expressivo crescimento, tanto ao se comparar o mesmo período de 2010 como com o mês anterior.
O levantamento realizado no período pela Abegás (Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado) aponta que foram consumidos diariamente, em média, 47,4 milhões de metros cúbicos de gás, a rede de distribuição soma 19.858,4 km de extensão e há 1.946.240 clientes em todos os segmentos de atuação das distribuidoras.
A comercialização de gás natural teve um aumento de 7,23% de um ano ao outro, em razão da retomada de 16,04% no consumo do segmento industrial. As indústrias consumiram 29,6 milhões de metros cúbicos por dia, representando 62,54% do consumo total de gás natural no quinto mês de 2011.
Notório também foi o crescimento do setor de co-geração: 8,12%, saltando de 2,7 para 2,9 milhões de metros cúbicos por dia. Já o consumo dos segmentos comercial e residencial apresentou aumento de, respectivamente, 4,69% e 3,48%. Em contrapartida, o setor automotivo teve uma queda de 3,21%.
Comparando-se com o mês anterior (abril), o crescimento também é expressivo: 9,08%. O setor automotivo aumentou seu consumo em 2,92%, já as indústrias em 2,07% e o comércio em 1,65%. O setor elétrico saltou de 3,7 para 6,8 milhões de metros cúbicos de gás natural consumidos por dia, o que representa aumento de 2,15%.

Consumo por região

Dentre as regiões brasileiras, o Sudeste continua sendo a região que mais consome gás natural no país, com 31 milhões de metros cúbicos consumidos por dia em maio. Na sequência, estão as regiões Nordeste com 9,5 milhões metros cúbicos por dia e Sul com 4,9 milhões. Já as regiões Centro-Oeste e Norte consumiram, respectivamente, 220,3 mil metros cúbicos por dia e 1,5 milhões metros cúbicos por dia.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email