Delegacia vai combater crimes virtuais

O vice-líder do governo na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado estadual Josué Neto (PSD), destacou na manhã de ontem (14) que o Amazonas deverá ser o primeiro Estado da região Norte do país a contar com uma delegacia especializada no combate aos crimes virtuais. O parlamentar disse em pronunciamento que tomou conhecimento da medida por meio de matéria divulgada domingo (12) na imprensa local dando conta de que a Secretaria de Estado da Segurança e a Delegacia Geral já estão tomando providências no sentido de instituir a nova delegacia. A proposta foi sugerida pelo deputado por meio de requerimento apresentado no dia 15 de maio deste ano à Mesa Diretora da Aleam.
“Segundo o delegado adjunto da Polícia Civil, Mário Aufiero, a prática de crimes cibernéticos no Amazonas tem apresentado um crescimento anual de 40%. Cerca de 40 ocorrências de transgressão na internet são recebidas pela Polícia Civil, mensalmente, e foi justamente preocupado com esse tipo de ilícito que propusemos em maio essa proposta. O Amazonas deverá ser o terceiro Estado a oferecer esse tipo de delegacia no âmbito do aparato da segurança pública”, disse o parlamentar.
Em aparte ao discurso de Josué, os deputados Marcos Rotta (PMDB), Chico Preto (PSD) e Conceição Sampaio (PP) destacaram a iniciativa do líder do PSD. “É latente que esses crimes virtuais têm se alastrado de forma muito rápida, prejudicando muito o consumidor, tanto que no âmbito do Legislativo federal já se discute mudanças no Código de Defesa do Consumidor, no sentido dessa questão da internet, das compras virtuais. Vossa excelência acerta de forma muito positiva quando faz esse tipo de propositura”, disse Marcos Rotta, que é presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da Aleam.
A deputada Conceição Sampaio lembrou que muitas pessoas cometem atos ilícitos na internet, seja envolvendo a questão dos direitos do consumidor, seja na questão das relações pessoais. “Todos nós acompanhamos bem o que houve com a atriz Carolina Dieckman. Essa delegacia é muito importante, muito necessária, precisamos realmente acompanhar esses avanços, ela vai impor limites”, declarou Sampaio.
No documento apresentado à Assembleia em maio, Josué Neto teve acesso a uma pesquisa da empresa Symantec, desenvolvedora do aplicativo antivírus Norton, divulgada em setembro de 2011 que mostrou que pelo menos oito em cada dez internautas do Brasil já sofreram golpes online. Esses crimes, segundo a análise, são mais comuns do que os realizados na vida real. Cerca de 59% das pessoas que responderam a pesquisa foram vítimas de crimes no mundo virtual. Já 19% dos entrevistados disseram ter sido vítimas de crimes no mundo físico. Além disso, a pesquisa revela que 77 mil brasileiros são vítimas de crimes cibernéticos diariamente.
Para o deputado Chico Preto, a proposta de Josué Neto evidencia a atuação do parlamentar que está sempre focado no âmbito da inovação. “Muitas são as operações que são realizadas nesse ambiente virtual. Os relacionamentos sociais, as redes sociais criam vínculos, amizades, cizânias”, disse Chico Preto. Além do Amazonas, Estados como o Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul já contam com uma delegacia de combate aos crimes cibernéticos.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email