Defensoria Pública dentro de distrito policial é inaugurada

Com o primeiro posto da Defensoria Pública do Amazonas dentro de um distrito policial, foi ­entregue, ontem, o prédio da 15ª Circunscrição de Segurança, no bairro Nova Cidade, zona Norte da capital.
De acordo com o vice-governador Omar Aziz, a quem coube inaugurar a obra, a unidade, totalmente reformada e ampliada, inicia, também, uma nova modalidade de segurança pública, uma vez que fará um trabalho voltado ao atendimento jurídico às famílias e à conciliação entre as partes.
“O governador Eduardo Braga está inaugurando uma nova mentalidade de delegacias, compondo-as com as polícias civil e militar, assistentes sociais, psicólogos e, agora, defensores públicos. Não se pode fazer um trabalho contra a criminalidade dissociado da sociedade”, disse Omar Aziz, lembrando que muitos casos que chegam às DPs precisam apenas de um profissional preparado para resolver conflitos pessoais.
Outro ponto destacado pelo vice-governador foi a revitalização dos Conselhos Comunitários de Segurança Pública naquela região, que busca aproximar as comunidades do aparato policial, o que, na opinião dele, resulta na maior eficácia das ações de prevenção e repressão.
“Os Conselhos de Segurança têm sido grandes parceiros do estado. O secretário de Segurança, Sá Cavalcanti, tem se reunido com as comunidades, que nos trazem informações importantes e que geram operações, porque cada região tem as suas demandas específicas e a criminalidade é muito dinâmica. Por isso a informação precisa se torna crucial”, informou o vice-governador.

Concurso
público

Além da presença da Defensoria Pública no DP, que objetiva facilitar o acesso da população ao atendimento jurídico gratuito, descentralizando o serviço e desafogando outras unidades da defensoria, Omar, acrescentou que o Plano de Revitalização da Segurança Pública prevê, ainda, a contratação, via concurso público, de novos policiais civis e militares.
Para a Polícia Militar, segundo ele, serão incorporados cem oficiais tenentes e mil praças. Para a Civil, haverá vagas em todos os níveis, desde escrivão até delegado. Em ambos os concursos, os editais estão em fase de formatação, com os certames previstos para acontecer no segundo semestre deste ano.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email