Decisão do STF está sob “suspeição”, diz Dirceu

O ex-ministro José Dirceu (PT) afirmou em São Paulo, considerar “sob suspeição” a decisão do Supremo de processá-lo por formação de quadrilha e corrupção ativa na ação penal do mensalão.
A declaração de Dirceu foi feita com base na revelação pela Folha de S.Paulo de que o ministro do tribunal Ricardo Lewandowski, ao telefone, afirmou que “a imprensa acuou o Supremo” na análise do mensalão.
Segundo ele, citado por Lewandowski (“tendência era amaciar para o Dirceu”), a revelação indica um “pré-julgamento” do caso.
“Pela minha situação de réu, evidentemente, eu tenho que medir as palavras. Mas estou entre perplexo, estupefato e quase entrando em pânico ao ler uma manchete dessas. Quem vai defender a Constituição e a República? Como vocês acham que eu me sinto? No mínimo, está sob suspeição o julgamento”, disse ele, com um exemplar do jornal na mão, durante entrevista coletiva em um hotel da capital paulista.
O petista, deputado federal cassado na esteira do escândalo do mensalão, em 2005, evocou também o episódio da troca de mensagem entre os ministros do STF, também durante o julgamento e também revelado pela imprensa, para reforçar sua defesa e pedir esclarecimentos do tribunal. “Em outro país, talvez ele fosse suspenso”.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email