2 de dezembro de 2021

Davinci inaugura fábrica de patinetes no PIM

Oficializando as operações, com capacidade para produzir 20 mil patinetes por ano e investimento de R$50 milhões, a empresa Davinci Micromobilidade inaugurou a primeira fábrica de patinetes fora do sudeste asiático com as atividades no PIM (Polo Industrial de Manaus). A pandemia impôs algumas restrições a todos e por este motivo a empresa realizou uma cerimônia pequena de inauguração, especialmente para prestigiar os funcionários em Manaus.

Após um período de testes com os funcionários a fábrica iniciou as produções em série dos primeiros  patinetes. A pré-venda será iniciada no dia 22 de setembro. O evento de inauguração  aconteceu na manhã do último dia (14). 

O fundador e CEO da empresa, Eduardo Musa, destacou que o PIM pode esperar uma empresa que acredita em seu potencial e na importância que o Polo tem para o país. “Acreditamos no Brasil, na Zona Franca de Manaus, e na capacidade dos empreendedores Brasileiros de inovar e gerar empregos. Viemos para engrandecer o Polo de Duas Rodas com inovação, tecnologia, sustentabilidade e modernidade. Acreditamos que um dia o polo de duas rodas produzirá mais veículos elétricos do que veículos a combustão”. 

A expectativa dos fundadores da empresa é a melhor possível. “A proposta da Davinci Micromobilidade foi recebida com muito entusiasmo. Nossa equipe está empenhada e feliz por ser a pioneira neste segmento de micromobilidade urbana no país”. 

A fabricante se instala no Polo num momento em que  o mercado elétrico no Amazonas tem tudo para  potencializar com  investimentos nesse sentido. 

Presente na cerimônia, o titular da Sedecti  (Secretaria de Estado de Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação), secretário Jório Veiga, reforçou  a importância das parcerias entre o Governo do Amazonas, a Suframa  (Superintendência da Zona Franca de Manaus), e a Prefeitura de Manaus na busca pela diversificação de produtores para o mercado local.

“A inauguração da fábrica da Davinci fortalece o segmento de mobilidade elétrica, que é um segmento novo para o Distrito Industrial e para o modelo da Zona Franca, no qual permite a introdução de novos itens que ainda não são produzidos aqui. Trata-se de um produto inovador e prático para locomoção de forma sustentável”, destacou Veiga.

Em Manaus, a empresa vai fabricar dois produtos, o DV1 e o DV2. Ambos são dobráveis e pesam até 13kg. A diferença em autonomia é, em média, de 25km e 35km – com bateria totalmente carregada. Com vendas exclusivamente pela internet, os veículos vão custar R$ 5.499,00 e R$ 6.999,00, respectivamente.

Os dois modelos escolhidos foram desenvolvidos para atender as necessidades da mobilidade urbana, pensando em características variadas das cidades brasileiras. “Este é o grande diferencial dos Davinci para os outros patinetes no mercado: eles são feitos especificamente para mobilidade urbana e não na categoria ‘brinquedo’ em que estão os outros produtos disponíveis no mercado. Eles possuem todos os ítens necessários para a categoria de veículo de deslocamento urbano”, explica.  

“Somos uma marca de mobilidade elétrica. Somos pioneiros na fabricação e venda de patinetes elétricos de alta qualidade, feitos especialmente para deslocamento urbano. Acreditamos na mudança do status quo da micromobilidade através de equipamentos confiáveis, robustos e inovadores”, completou Musa.

Projeção

De acordo com Musa, a projeção da empresa é atingir a produção de 100 mil patinetes em cinco anos.  Sobre a geração de postos de trabalho, a empresa prevê 100 novas oportunidades entre três a cinco anos.

A fábrica da Davinci está localizada na avenida Flamboyant, no Distrito Industrial 2. Para os interessados, a venda dos patinetes será exclusivamente pela internet.

Estiveram presentes os três sócios da Davinci Micromobilidade e algumas autoridades como o Sr. Cel. Rui César Ponte, Chefe de gabinete da Suframa, o Sr. Cel. Dower Borges, Superintendente Adjunto de Projetos da Suframa, o Sr. Jorio de Albuquerque Veiga Filho, Secretário de Desenvolvimento, Economia, Ciência, Tecnologia e Inovação do Governo do Estado do Amazonas (SEDECTI), o Sr. Jeibi Medeiros, subsecretário de inovação da SEDECTI, o Sr. Gustavo Igrejas Filgueira, Subsecretário Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação e o Wilson Périco, presidente do Cieam (Centro das Indústrias do Estado do Amazonas).

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email